logo Negócios SC
Simule sua Campanha
Novidade do setor

Fazer ou não fazer o evento on-line?

15/07/2020

Realizar um evento da empresa pode ser uma ótima experiência tanto para a marca quanto para os consumidores. Mas, diante das medidas de distanciamento social por causa do coronavírus, muitos organizadores estão em dúvida se devem continuar adiando futuros eventos ou se é melhor fazer o evento on-line.

Veja, então, algumas considerações sobre quando é melhor criar um evento presencial e quando é melhor criar um evento virtual.

A incerteza dos organizadores de eventos

Vamos abordar primeiramente a questão de remarcar um evento presencial ou pensar na realização de um novo.

O problema da pandemia de Covid-19 para os organizadores de evento é que ela não é linear nem geograficamente limitada. Isso torna consideravelmente mais difícil encontrar uma solução alternativa para a organização do evento.

Por exemplo, no caso do “ciclone bomba” que tivemos em Santa Catarina, tratou-se de um fenômeno isolado. Se um evento estivesse previsto para aquele dia, poderia ser transferido para uma nova data, inclusive no mesmo local.

No entanto, com o novo coronavírus é diferente. Ainda que uma região esteja controlando a pandemia em determinado momento e a marca decida fazer o evento físico dali a dois meses, não há como prever se no fim desse prazo será possível de fato realizar o evento. Nesse meio-tempo pode haver uma nova onda da doença naquele local e desfazer os planos dos organizadores.

Diante disso, nas empresas tem-se considerado a possibilidade de fazer o evento on-line. Mas é preciso entender quando vale ou não vale a pena seguir por esse caminho.

Leia também: Diversificação de eventos durante a pandemia: o que tem mudado?

O evento on-line tem algumas vantagens, mas também desvantagens. (Foto via Freepik)

Por que fazer um evento on-line?

Mais do que ser uma alternativa à experiência presencial, o evento on-line tem vantagens próprias.

É mais econômico

Um evento físico tem maiores gastos não somente para os produtores, mas também para o público, principalmente com transportes e hospedagens, em alguns casos.

Além disso, a infraestrutura tem um enorme custo para os organizadores. A locação do espaço, a montagem, a decoração, a iluminação… tudo isso acrescenta ao orçamento.

Já a realização do evento on-line, embora tenha diversos custos — plataforma de transmissão, hospedagem de arquivos, possíveis equipes de produção locais etc. —, ainda é mais econômica. Essa redução dos gastos pode ser repassada ao público, que tem maiores condições de participar.

É mais sustentável

Além dos gastos, todo evento tem uma pegada de carbono. Quanto maior a organização, maior o impacto ambiental que representa.

Ao reduzir o deslocamento de pessoas e o consumo de energia de uma grande produção, o evento on-line pode ser também mais sustentável.

É mais flexível

Mudar a data de um evento presencial pode comprometer toda a organização, uma vez que depende da agenda dos participantes, da reserva de hotéis e de outros fatores. Já ao fazer um evento on-line isso é mais fácil e, melhor ainda, o conteúdo pode ficar disponível para os espectadores caso eles não possam assistir à transmissão ao vivo na nova data.

A flexibilidade também se estende ao número de inscritos, não mais limitados ao espaço físico de um auditório, e até de participantes extras do evento on-line.

Leia também: Guia básico para fazer um bom webinar em 2020

Quando não fazer o evento on-line?

Entretanto, um evento virtual não é a resposta adequada para todas as empresas. Em alguns casos, o melhor é esperar. Confira a seguir quais são essas situações.

Se o público-alvo não é conectado

A organização do evento on-line deve considerar se o público pode atender a ele, e não apenas se a empresa pode realizá-lo. Então, antes de entrar em qualquer detalhe de produção, vale fazer uma pesquisa ou consulta pública para avaliar o nível de adesão à alternativa.

Se o cronograma é apertado

Fazer o evento on-line pode trazer mais economia e mais flexibilidade, mas nem por isso dá menos trabalho produzi-lo. E o processo de criar uma estrutura virtual, divulgar o evento e gerar inscrições não dura menos de um mês para grandes eventos. Em lives e outros formatos mais básicos, no entanto, isso pode ser agilizado.

Se o foco é proporcionar uma experiência imersiva

Existem muitas formas de proporcionar experiências diferenciadas na internet, mas nem todas são facilmente acessíveis. A realidade aumentada, por exemplo, ainda não é uma tecnologia muito difundida.

Há também os casos em que a experiência virtual não substitui a real. Por exemplo, digamos que uma marca tenha planejado fazer um evento de lançamento de um novo calçado para escalada. Nesse caso, a parede de escalada é a melhor experiência para isso. Portanto, mudar a estratégia de lançamento, usando influenciadores em vez do evento, pode ser mais eficiente.

Soluções da NSC para divulgar seu evento

Seja um evento presencial, seja um evento on-line, a NSC tem diversas soluções para ajudar na divulgação.

Caso sua empresa necessite de uma landing page para realizar o cadastro de inscrições, por meio do Site Express é possível ter uma página pronta em 3 dias úteis. Depois, na hora de criar uma campanha de comunicação, temos descontos imperdíveis para anunciar na televisão, nas rádios, nos impressos e nos canais digitais da NSC.

Confira todas as soluções para seu evento mandando um WhatsApp para (48) 9 9174-3847.


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Tenha uma marca inesquecível! Comece agora
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico