logo Negócios SC
Simule sua Campanha
Marketing

Como usar influenciadores para potencializar o reconhecimento de marca

29/03/2019

Você provavelmente já ouviu falar de marketing de influência. Afinal, todo mundo parece estar fazendo isso hoje em dia. Basta contratar os influenciadores mais populares para falar de sua marca, produto ou serviço, certo?

Errado!

Influencer marketing é sim uma tendência mundial e espera-se que o mercado de influenciadores alcance 10 bilhões de dólares em 2020, com mais e mais empresas adotando esse tipo de estratégia na comunicação. Mas muitas delas ainda não entenderam como fazer isso direito.

Quando feito da forma adequada, o marketing de influência traz ótimos resultados em reconhecimento de marca e aumento das vendas. Segundo uma pesquisa da Tomoson, o marketing de influência gerou um ROI médio de 650% para os profissionais pesquisados.

Saiba então como usar influenciadores na sua estratégia de marketing do jeito certo.

Leia também: Qual a diferença entre assessoria de imprensa e marketing de conteúdo?

A importância do marketing de influência

Como o próprio nome já diz, o marketing de influência é uma estratégia pela qual as empresas se valem da influência que certos indivíduos têm sobre suas audiências para divulgar produtos, serviços e até mensagens de conscientização.

Diferentemente do marketing de celebridades, em que personalidades associam sua fama para aumentar o reconhecimento da marca, os influenciadores conferem credibilidade àquilo que falam. Enquanto um famoso tradicional anuncia, um influenciador recomenda como alguém próximo ao consumidor.

Proximidade é uma palavra-chave do marketing de influência e uma das vantagens dos influenciadores. Estes são mais próximos não só no sentido de estarem mais perto do público, como também de ter conteúdos presentes com maior frequência no dia a dia.

São pessoas que em sua maioria criam conteúdos próprios e nas mais variadas formas: sites, blogs, redes sociais, vídeo, jornal, televisão… Muitas delas podem ser também celebridades, mas o grande diferencial é o compartilhamento de informação, que pode ser desde a mais abrangente possível até os chamados conteúdos de nicho.

Considerando que 74% dos consumidores tomam decisões de compra baseadas em mídias sociais, quem cria autoridade on-line e ganha a confiança dos seus seguidores consegue exercer uma influência positiva sobre eles.

Agora, como descobrir quem são esses influenciadores?

Como encontrar influenciadores para sua marca

Um dos segredos para uma parceria de sucesso com influenciadores é que eles, obviamente, exerçam influência. Não basta ter um número alto de seguidores, é a qualidade da relação que importa.

Mas essa parceria, assim como no marketing de afiliados, deve ser uma via de mão dupla. Da mesma forma que sua marca está confiando no trabalho do influenciador, este coloca sua reputação em risco pelo seu produto ou serviço. A associação deve ser vantajosa para ambas as partes.

Então, para encontrar alguém com a influência certa para sua marca, cinco elementos fundamentais devem ser considerados:

  • Relevância;
  • Engajamento;
  • Alcance;
  • Identificação;
  • Compromisso.

Vejamos cada um desses pilares do marketing de influência de sucesso.

Leia também: Como o marketing de experiência pode ajudar no posicionamento de marca

1. Relevância

Sua marca e o influenciador devem “falar a mesma língua”. Isto é, o tipo de conteúdo que ele produz deve ser semelhante ao que sua própria equipe de marketing faz. Sem essa afinidade de assunto, a audiência dele não será relevante para sua empresa nem sua empresa será relevante para a audiência dele.

Portanto, uma forma de encontrar influenciadores para sua marca é pesquisar quem está usando as mesmas palavras-chave que sua empresa, ou é referência para o seu público-alvo. Isto é muito importante: a audiência do influencer deve estar diretamente relacionada ao seu público-alvo.

Essa relevância também deve ser entendida pela audiência do influenciador. Se os seguidores não têm confiança nas indicações dele ou não percebem uma relação clara entre o conteúdo que estão acostumados a acompanhar e seu produto ou serviço, sua estratégia não alcançará os resultados esperados.

2. Engajamento

Algumas métricas são mais agradáveis aos olhos que às metas. Um grande número de seguidores não significa influência, especialmente depois do surgimento das fazendas de likes que catapultam da noite para o dia o status de alguém da internet.

Ao encontrar possíveis parcerias de pessoas que falam sobre assuntos associados à sua empresa, é preciso analisar em seguida como é a qualidade da audiência dela. Alguns dados interessantes para solicitar são:

Número de visitantes recorrentes no site ou blog;

  • Taxas de curtidas e comentários pelo total de seguidores nas redes sociais;
  • Taxa de visualização de stories pelo total de seguidores;
  • Click-through rate (CTR) em redes sociais, blog, site e e-mail marketing.

Com esses números é mais fácil saber a quantidade exata de público que responde aos conteúdos criados pelo influenciador.

3. Alcance

Teoricamente, quanto maior o alcance do influenciador, melhor para sua marca. No entanto, este é outro fator em que é preferível a qualidade à quantidade.

Digamos que o seu negócio seja uma loja física de moda feminina em Florianópolis. Entre uma microinfluenciadora local e uma grande influenciadora focada na região de São Paulo, com alcance muito maior, qual pode gerar mais vendas? A local, mesmo com alcance menor.

O alcance, portanto, deve ser certeiro. Preenchendo esse requisito, aí sim quanto maior, melhor.

4. Identificação

Marketing de influência é relacionamento. Primeiro do influenciador com o público dele, então da sua marca com o influenciador.

Esse relacionamento implica certa cumplicidade entre as partes. Por isso, a identificação não só de conteúdo, mas também de valores morais é imprescindível. Já que o influenciador atuará como embaixador da sua empresa, que imagem ele agrega ao seu negócio?

Nossa dica é estudar com calma as possíveis parcerias, analisar o histórico de postagens e conversar sobre a postura pessoal, prevendo até temas sensíveis. Isso pode evitar crises de imagem para marcas, como alguns episódios recentes de influenciadores que não estavam perfeitamente alinhados com os valores das marcas que representavam.

5. Compromisso

O influenciador deve ser visto como um profissional de comunicação, portanto assume as responsabilidades como tal. O compromisso é então o quinto pilar de uma boa parceria e se desdobra em três verticais: compromisso com o público, compromisso com os resultados e compromisso com a marca.

Compromisso com o público diz respeito à criação de conteúdo. Deve prezar sempre pela relevância, pela originalidade e pela honestidade, inclusive para dizer quando é um branded content, publipost etc.

Compromisso com os resultados se refere a entender as mecânicas do seu trabalho. Conhecer boas práticas de SEO, saber os melhores horários e frequência para posts nas redes sociais e entregar materiais de qualidade mostram quem de fato procura trazer retorno às parcerias.

E compromisso com a marca significa ter uma relação franca, atenta e responsável. O influenciador precisa estudar os produtos ou serviços que recomenda, com o suporte das respectivas empresas, e respeitar o acordo feito. Os materiais devem estar prontos nas datas estipuladas, seguindo as orientações de comunicação, como o uso de hashtags próprias, marcações em posts, informações essenciais etc.

Leia também: As características de um branded content de sucesso

O papel dos microinfluenciadores no reconhecimento de marca

Dependendo do seu negócio e da sua estratégia de marketing, influenciadores locais e de nicho podem trazer resultados melhores e com um investimento mais acessível que os nomes mais famosos do Brasil.

Como falamos acima, proximidade do público é fundamental no marketing. Para ilustrar esse ponto, 70% dos jovens confiam mais em influenciadores que em celebridades tradicionais, justamente porque se sentem mais próximos daqueles.

Nesse sentido, microinfluenciadores têm a relevância, o engajamento e o alcance certos para negócios regionais, além de oferecer identificação e compromisso com a parceria. Como exemplo em Santa Catarina, temos as figuras de Camille Reis, Marcos Piangers e tantos outros colunistas da Revista Versar, cada um com seu próprio nicho de público sobre o qual exerce influência.

Na hora de elaborar sua estratégia de marketing de influência, considere sempre onde está seu público-alvo e por quem ele pode ser influenciado de fato.

Acelere suas vendas

O uso de influenciadores na comunicação é uma das muitas formas de potencializar o reconhecimento de marca e aumentar suas vendas. Mas outras estratégias são igualmente importantes e merecem a sua atenção.

O simulador de campanhas da NSC Comunicação permite que você faça justamente isso: descubra os melhores veículos e modos para comunicar seu produto ou serviço, com base nos seus objetivos, no seu público-alvo e no seu orçamento. Clique aqui e faça uma simulação gratuita.


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Tenha uma marca inesquecível! Comece agora
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico