logo Negócios SC
Simule sua Campanha
Marketing

As características de um branded content de sucesso

24/01/2019

O que uma das marcas de brinquedo mais famosas do mundo pode ensinar para sua empresa ter sucesso nas ações de marketing? Neste caso: a importância do branded content.

Branded content parece outra novidade trazida pela Era da Informação, mas como estratégia de marketing já existe há quase um século. Um dos primeiros exemplos de sua aplicação foram as novelas de rádio criadas pela Procter & Gamble nos Estados Unidos, com o objetivo de inserir seus produtos de higiene e limpeza no cotidiano das donas de casa, isso em 1930.

Com a revolução digital, o branded content passou a ter mais relevância porque se adapta perfeitamente aos novos hábitos de consumo do público. Hoje, o consumidor tem mais poder de pesquisa e decisão, em um mundo com cada vez mais opções de produtos e serviços em qualquer segmento de mercado. Ciente de seu poder e de sua autonomia, já não responde tão bem a uma comunicação mais intrusiva das marcas.

O que acontece, no entanto, é certa confusão sobre o que realmente significa branded content e quais características precisa ter para ser um sucesso. Vamos esclarecer isso e muito mais adiante, acompanhe!

Leia também: Como passar a mensagem da marca através de conteúdo relevante

Branded content é o mesmo que marketing de conteúdo?

Apesar de serem duas práticas de marketing que colocam o conteúdo em primeiro plano, elas têm vieses diferentes.

Já descrevemos aqui no portal Negócios SC essa diferença entre branded content e marketing de conteúdo, mas vale ressaltar:

Branded content:

Em tradução literal do inglês, significa “conteúdo de marca”, qualquer que seja o formato (artigo, vídeo etc.). Seguindo em direção oposta à publicidade, é uma abordagem não interruptiva ao público, isso porque ela oferece muito mais do que pede. E o que oferece? Informação e entretenimento de qualidade, com foco em fazer associações positivas à marca em determinado período de tempo.

Marketing de conteúdo:

É uma forma de marketing de atração, também com orientação informativa, porém muito mais voltada a gerar impacto direto nas vendas. Ao mesmo tempo que agrega valor aos produtos e serviços da empresa, procura conduzir o público-alvo à etapa de decisão do funil de vendas, seguindo uma estratégia de longo prazo.

 

Enquanto o branded content inspira associações e fortalece o posicionamento da marca, o marketing de conteúdo propõe ações mais concretas. No primeiro caso, a experiência com a mensagem conta mais. Neste segundo, as metas são mais específicas: gerar leads, aumentar conversões e vendas etc. Portanto, o ideal é se valer das duas práticas para ter o melhor de dois mundos na comunicação.

Confira a seguir um dos maiores cases recentes de branded content para entender melhor como isso funciona.

Leia também: A importância de ter uma estratégia de comunicação para fazer negócios

Como a LEGO aumentou as vendas com branded content

Criada em 1934, a LEGO tornou-se uma das empresas mais conhecidas do mundo graças aos seus blocos de montar coloridos. Para continuar no topo do mercado, é natural que tenha investido em diferentes estratégias de marketing em sua trajetória e uma delas foi o branded content.

Desde 2003 a marca de origem dinamarquesa investe na produção de longa-metragens animados com seus produtos, mas seu primeiro grande sucesso nessa mídia foi em 2014, com “Uma Aventura LEGO”. Esse filme é um exemplo perfeito de branded content, pois mostra por meio de uma narrativa divertida e bem construída todo o potencial do brinquedo sem fazer uma só chamada para a compra dele.

As associações da história giravam em torno do estímulo à imaginação, do contato familiar e da diversão que a LEGO proporciona. E não só o filme foi um sucesso — arrecadando 469 milhões de dólares em audiências de todo o mundo, sendo elogiado pela crítica e até nomeado ao Oscar —, como as vendas subiram logo em seguida. Ainda em 2014, cresceram 14%, e 25% em 2015.

Mas não é preciso observarmos uma escala tão grande para perceber os resultados positivos que o branded content é capaz de trazer. Muitas empresas catarinenses parceiras do Estúdio NSC Branded Content já viram na prática os benefícios dessa estratégia. São exemplos como o da Restaura Jeans, que aumentou em 50% o fluxo na loja depois das ações no GShow e de vídeo com a comunicadora Camille Reis, entre tantos outros casos de sucesso.

Então, o que define um bom branded content?

Características de um branded content de sucesso

Podemos categorizar as características de um branded content de sucesso em cinco partes fundamentais.

  1. Não é intrusivo

Esta é a regra de ouro do branded content. Ele deve ser um diálogo que parte do interesse do público, e não uma resposta do público a um interesse da marca. Portanto, essa conversa pode ser pautada em algumas questões, como: o que meu público-alvo gostaria de saber ou de ver? Quais são os assuntos importantes para ele neste momento? Como os valores da minha marca se encaixam nessa história? Qual é a forma mais orgânica de exibir esse conteúdo para ele?

  1. Reflete a essência da marca de uma forma não comercial

É uma das partes mais difíceis para empresas entenderem, em especial aquelas que estão dando os primeiros passos em inbound marketing. O fato é que nem sempre é preciso abordar diretamente a venda para ter ótimos resultados em uma campanha, como é o caso do “Retrato pela Real Beleza” criado pela Dove.

Mesmo após vários anos do lançamento do vídeo, ainda é uma das peças de branded content mais visualizadas da história. Isso porque a ideia partiu de um assunto próximo do público-alvo, que é a autopercepção. A seguir, o roteiro demonstrou o posicionamento da marca com relação à real beleza das mulheres, estabelecendo uma associação positiva com elas sem precisar exibir um produto sequer. Isso elevou a percepção da Dove entre esse público e indiretamente resultou em um aumento de 700% nas vendas.

  1. Traz informação, reflexão ou diversão

Para o branded content ressoar com o público, precisa entregar aquilo que é mais buscado por ele. Essa entrega pode ser informativa, contribuindo de alguma forma para o seu desenvolvimento; reflexiva, que oferece uma nova perspectiva sobre determinada questão, como o “Retrato pela Real Beleza” da Dove; ou ainda como entretenimento, a exemplo de “Uma Aventura LEGO”.

  1. É bem integrado ao veículo de comunicação

Outra forma de um conteúdo não ser intrusivo é se adaptar ao canal, meio e veículo de comunicação para gerar uma experiência contínua às pessoas, sem uma ruptura do interesse que as levou ao veículo específico. Como dissemos sobre o case da Restaura Jeans, a publicação do branded content foi integrada ao GShow para maximizar essa experiência.

  1. Tem uma produção de qualidade

Qualquer que seja o formato, deve-se prezar sempre pela qualidade para não haver atritos que desviem a atenção do público. Em artigos, falamos da correção da escrita e da formatação; em vídeos, da qualidade da gravação, do áudio, e assim por diante.

Invista em conteúdo da marca

O Estúdio NSC Branded Content dispõe de uma equipe multidisciplinar e especializada para ajudar em todas as etapas do seu conteúdo, desde o planejamento até a criação e a veiculação. Conheça o nosso trabalho e veja como é possível levar o posicionamento da sua marca a milhares de catarinenses pelos veículos de maior audiência no Estado.

 


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Tenha uma marca inesquecível! Comece agora
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico