logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Economia

Os resultados positivos da economia catarinense em 2021

11/06/2021

Santa Catarina chega ao segundo semestre de 2021 com um bom retrospecto e fortes razões para os empreendedores do Estado ficarem otimistas. Isso porque a economia catarinense vem apresentando uma série de resultados positivos, inclusive acima da média brasileira, como no PIB estadual e nas vendas do comércio.

Descubra a seguir alguns dados que confirmam o bom momento econômico de Santa Catarina.

PIB de Santa Catarina cresceu 2,9% até março

De acordo com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Sustentável (SDE), até março deste ano o PIB catarinense cresceu 2,9% no acumulado de 12 meses, em relação ao mesmo período anterior. 

O crescimento está relacionado às altas do comércio (com aumento de 4,6% até março), da indústria (4,6%), da construção civil (14,8%), mas principalmente do setor de serviços (2,5%), que responde por 68% do PIB de Santa Catarina.

— Na comparação com as 14 maiores economias do Brasil, quando observado o período de 12 meses encerrados em março de 2021, relativos ao mesmo período anterior, o Estado figura como o de melhor desempenho em serviços, terceiro na produção industrial e quarto no crescimento do volume de vendas do comércio. Na geração de empregos formais, SC passou da terceira posição em março, para a primeira em abril — informa Paulo Zoldan, economista da SDE.

O resultado positivo da economia catarinense está muito acima da média nacional. No mesmo período de análise, de 12 meses até março de 2021, houve uma queda de 3,8% PIB brasileiro.

Leia também: Como aumentar o alcance de marcas catarinenses no Brasil?

Soja alavanca exportações de Santa Catarina em 2021. (Foto via Freepik)

Exportações têm alta de 11,2% em 2021

Outro bom desempenho de Santa Catarina está nas vendas para o mercado internacional. Apenas em maio deste ano, as exportações catarinenses tiveram uma receita de 983,6 milhões de dólares, representando um crescimento de 1,7% em relação a abril de 2021 e de 36,3% na comparação com maio de 2020.

Puxaram esse bom resultado especialmente as exportações de soja (143,8 milhões de dólares em maio deste ano), de carne de aves (138,6 milhões de dólares) e de carne suína (124,6 milhões de dólares). China e Estados Unidos foram os principais mercados compradores de Santa Catarina.

No acumulado de 2021, as exportações catarinenses somaram 3,8 bilhões de dólares até maio, um crescimento de 11,2% frente ao mesmo período do ano anterior.

Leia também: Santa Catarina é um gigante do agronegócio no Brasil

Vendas do varejo reforçam bom momento da economia catarinense

Novos dados da Pesquisa Mensal do Comércio, realizada pelo IBGE, trazem os resultados das vendas do varejo catarinense no mês de abril.

O comércio em Santa Catarina teve altas de 15,3% em volume de vendas e de 30,8% em receita nominal, ambas no varejo restrito, na comparação com março de 2021.

Já no acumulado de janeiro a abril, frente ao mesmo período do ano passado, o varejo restrito catarinense apresentou crescimentos de 4,8% em volume de vendas e 16,2% em receita. Enquanto isso, as médias nacionais ficaram em 4,5% e 15,2%.

No varejo ampliado, que inclui os setores automotivo e de construção, o comércio estadual cresceu 14% em volume de vendas e 26,5% em receita, entre janeiro e abril. As médias brasileiras nesse intervalo estiveram em 9,2% e 20,7%, respectivamente.

Leia também: Comércio catarinense tem desempenho acima da média nacional

Crescem as vendas de veículos em Santa Catarina

Focando no setor automotivo, a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) apresenta dados animadores sobre as vendas de carros, caminhões e ônibus em Santa Catarina.

Em maio, o crescimento nas vendas foi de 4,26% frente ao mês anterior, alcançando a marca de 14.845 unidades emplacadas. A alta foi alavancada pelo maior número de emplacamentos de caminhões (19,75% a mais), fator relacionado ao aquecimento da economia catarinense, e ônibus (97,6% a mais).

Os automóveis e comerciais leves, no entanto, tiveram um ligeiro recuo em maio, com as vendas retrocedendo 0,4%. No acumulado do ano, isso não mudou o panorama do resultado positivo no setor. Entre janeiro e maio de 2021, Santa Catarina emplacou 20,29% mais veículos que no primeiro trimestre do ano passado.

Veja agora mais dados sobre o comércio no Brasil no estudo Tendências do varejo brasileiro, realizado pela NielsenIQ e disponível para baixar gratuitamente em nossa aba de pesquisas.


Negócios SC

Negócios SC


Quer acessar mais dados relevantes do mercado?
Confira nossa seção de pesquisas
Clique aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico