logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Indústria

Agronegócio em Santa Catarina teve novos recordes em 2021

14/06/2022

A economia de Santa Catarina tem uma indústria forte, um comércio resiliente e um setor de serviços diversificado. Mas não podemos nos esquecer de que o agronegócio também é um dos pilares do sucesso econômico catarinense.

Em 2021, o setor bateu dois recordes históricos: o de valor de produção agropecuária (VPA) e o de valor exportado. Esse resultado é destaque no relatório Síntese Anual da Agricultura de Santa Catarina 2020–2021, que traz os números da agropecuária catarinense no período.

O Estado ainda se destaca por ser o maior produtor nacional de carne suína, de moluscos, de cebola e de maçã. É o segundo maior produtor de frango no Brasil, assim como o de arroz. Em trigo, é o terceiro. Tudo isso em meio a uma produção diversificada e voltada tanto para o mercado brasileiro quanto internacional.

Acompanhe a seguir outros resultados do agronegócio em Santa Catarina!

Valor da produção agropecuária cresce 36,4%

De acordo com os dados da Epagri/Cepa, o valor da produção agropecuária em Santa Catarina foi de R$ 55,8 bilhões no ano de 2021. Isso representa um aumento de 36,4% em relação a 2020, quando o VPA alcançou a marca de R$ 40,9 bilhões.

Para esse cálculo, foram considerados os 55 itens de maior valor de produção entre as atividades agrícolas, de pecuária, aquicultura e produção florestal. Esses produtos precisariam ter um valor de pelo menos R$ 5 milhões no ano para entrar na conta.

Entretanto, a composição desse valor, apesar da diversidade da produção catarinense, está concentrada em quatro produtos. Suínos, frangos, soja e leite representam juntos 62,3% do VPA estadual.

Participação no valor da produção agropecuária catarinense:

  • Suínos para abate: 22,9%
  • Frangos para abate: 17,1%
  • Soja: 11,3%
  • Leite: 11%
  • Bovinos para abate: 5,8%
  • Milho: 4,8%
  • Arroz: 3,9%
  • Tabaco: 3,5%
  • Madeira para serraria: 3,1%
  • Milho silagem: 2,1%
  • Ovos de galinha: 1,9%
  • Outros produtos: 12,6%

Vale salientar que o crescimento expressivo no valor da produção agropecuária está atrelado ao aumento dos preços recebidos pelos produtores. A produção em si teve alta de 2% no período analisado.

Leia também: Santa Catarina é um gigante do agronegócio no Brasil

Carne de frango é o principal produto exportado por Santa Catarina. (Foto via Freepik)

Recorde nas exportações do agronegócio em Santa Catarina

Outro índice histórico superado pelo agronegócio em Santa Catarina está relacionado ao valor das exportações feitas pelo Estado. O valor alcançado em 2021 foi de 6,9 bilhões de dólares, o que representa uma alta de 21,4% em relação ao ano anterior.

Com isso, o agronegócio respondeu pela maior fatia das exportações catarinenses em 2021. Como revela o Observatório FIESC, o total das vendas para o exterior partindo de Santa Catarina foi de 10,3 bilhões de dólares no ano.

Inclusive, entre os cinco principais produtos exportados pelo Estado, os três primeiros são de origem animal ou florestal.

Participação nas exportações de Santa Catarina em 2021:

  • Carnes de aves: 15,43%
  • Carne suína: 12,83%
  • Soja: 6,53%
  • Motores elétricos: 4,70%
  • Partes de motor: 4,13%

Contudo, se analisarmos apenas os principais produtos do agronegócio, a importância das carnes de aves fica ainda mais evidente para as exportações do setor.

Participação nas exportações do agronegócio catarinense em 2021:

  • Carnes de frango e derivados: 26,6%
  • Carnes de suínos e derivados: 21,2%
  • Madeira e obras de madeira: 20,2%
  • Produtos do complexo da soja: 10,9%
  • Móveis de madeira: 5,2%

Em 2021, os maiores responsáveis pelas exportações do agronegócio catarinense foram os produtos de origem animal (53,4%) e florestal (30,6%). Os itens de origem vegetal vêm bastante atrás (16%), completando a lista.

Leia também: O papel de tecnologia e marketing para o produtor rural

Exportação de carne de frango continua em alta em 2022

Agora em 2022, a carne de frango se consolida ainda mais como principal produto exportado por Santa Catarina.

No acumulado entre janeiro e abril deste ano, foram 336,47 mil toneladas exportadas do produto, movimentando 660,14 milhões de dólares no período. O desempenho significa um aumento de 8,5% em quantidade e de 30,2% em faturamento, na comparação com o primeiro quadrimestre de 2021. Os números foram divulgados pelo Ministério da Economia.

Com o bom desempenho, a participação das carnes de aves no total de exportações catarinenses aumentou neste começo de 2022. Nos primeiros quatro meses, essa participação foi de 16,1%, portanto acima dos 15,43% de 2021 inteiro, segundo o Boletim de Comércio Exterior da FIESC.

Acompanhe outros indicadores econômicos de Santa Catarina em Conheça SC e fique a par das novidades do mercado catarinense.


Negócios SC

Negócios SC


Quer acessar mais dados relevantes do mercado?
Confira nossa seção de pesquisas
Clique aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico