logo Negócios SC
Simule sua Campanha
Comunicação

Dicas para criar anúncios impressos durante a pandemia

28/04/2020

Procurando inspiração para anúncios impressos em revistas ou jornais? Neste artigo, vamos trazer algumas ideias para ajudar na criação de anúncios memoráveis em tempos de coronavírus.

A criatividade tornou-se um imperativo ao criar para esse formato de publicidade. Primeiro, porque os recursos disponíveis para criação estão mais limitados. Agora é mais difícil sair para produzir uma foto, por exemplo, e deve-se reaproveitar artes antigas, usar bancos de imagens ou produzir ilustrações para a ocasião.

O segundo ponto diz respeito ao cuidado que se deve ter com a mensagem por causa do momento em que estamos vivendo. Por isso, vamos destacar a seguir estes dois aspectos: o que evitar e como é possível se destacar. Confira.

Cautelas ao fazer anúncios impressos

Sensibilidade é essencial

Em primeiro lugar, é preciso entender a gravidade do momento que vivemos. Encaixar o tom é mais importante do que ter uma sacada publicitária.

O segredo está em encontrar um ponto médio: evitar um humor escrachado, mas mantendo uma mensagem leve para amenizar o clima em meio ao cenário causado pelo novo coronavírus.

Atenção com as imagens

Vale destacar que as imagens escolhidas para os anúncios em revistas e jornais revelam tanto quanto as palavras. Da mesma forma que o texto deve ser sensível à situação e em consonância com as orientações dos especialistas em saúde, é melhor evitar que as fotos e ilustrações sugiram o contrário.

Por exemplo, se o texto está recomendando que o público fique em casa e evite aglomerações, uma foto de um ambiente cheio de pessoas pode não ser a melhor escolha para ilustrar. Faça o exercício de imaginar se o comportamento exibido no anúncio poderia ser repreendido no combate ao contágio do novo coronavírus. Em caso afirmativo, é mais seguro pensar em outra proposta.

Cuidado com influenciadores e celebridades

O escândalo recente de Gabriela Pugliesi, que fez festa para convidados em meio à quarentena, evidencia a necessidade de as marcas terem cuidado também com as personalidades que exibem nos anúncios.

Se o discurso da marca for em um sentido, mas o comportamento de influenciadores e celebridades for em outro, isso pode resultar em uma crise de imagem. Portanto, alinhe isso antes com seus parceiros de comunicação.

Leia também: Como pensar suas campanhas durante o coronavírus?

Dicas para anunciar em revistas e jornais (com exemplos)

Divirta

Uma forma de estimular a criatividade em tempos de coronavírus é se perguntar: como o anúncio da minha marca pode ser útil para as pessoas?

Divertir ou entreter é uma das respostas possíveis, como mostra a IKEA. A empresa de origem sueca, famosa por seus produtos para o lar, apostou em um catálogo com passatempos. São anúncios para colorir, em forma de labirintos e outras brincadeiras. É um jeito bem leve de contextualizar os produtos e ainda ajudar as pessoas a passar o tempo em quarentena.

Além disso, ilustrações são uma alternativa para não ter de produzir fotos ambientadas.

Ideia para anúncio impresso da IKEA. (Fonte)

Recontextualize-se

Imagine ser uma marca esportiva como a Nike, cujos produtos são feitos em grande parte para o mundo exterior e para o contato entre as pessoas. Mesmo em casos como esse, é possível revelar a essência da marca e ainda ser sensível ao momento presente.

Foi nesse sentido que a marca trouxe uma mensagem apenas com texto e logo:

“Se você já sonhou em jogar para milhões ao redor do mundo, agora é sua chance. Jogue em casa, jogue pelo mundo.”

O anúncio reforça a orientação da OMS sobre o distanciamento social ao mesmo tempo em que evoca o espírito de equipe e as maiores aspirações dos atletas amadores. É uma arte esteticamente simples, mas com uma mensagem poderosa graças ao texto.

Anúncio impresso da Nike. (Fonte)

Expresse os valores da marca, dos produtos ou do serviço

Vamos olhar agora para outra marca bastante impactada pelo novo coronavírus: a Nissan.

Como você pode imaginar, a menor circulação de pessoas afetou o uso de automóveis. Mas isso não quer dizer que a empresa deva ficar de fora da comunicação com o público durante a quarentena. A solução encontrada, que reforça a mensagem para o público ficar em casa, foi associar o conforto de poltronas e sofás com o dos assentos dos veículos. Assim, a relação com o carro será ainda mais positiva quando tudo voltar ao normal.

O texto do anúncio impresso ainda diz: “Aproveitar o conforto do seu lar salvará sua vida”.

Anúncio impresso da Nissan. (Fonte)

Aposte no “faça você mesmo”

O que dizer, então, da arte ousada do Burger King na França? Com a rede de fast food fechada no país, a marca resolveu mostrar como fazer em casa versões dos famosos hambúrgueres.

É claro, o objetivo não é substituir o produto na mente do público, mas ajudar os consumidores a viver a experiência da marca (e a valorizar, porque não conseguirão reproduzi-la exatamente em casa).

Neste caso, o anúncio foi veiculado nas redes sociais, mas poderia ter sido impresso em revista ou jornal. Inclusive, ele simula a textura de papel.

Anúncio de Burger King na França. (Fonte)

Quer saber agora sobre como anunciar nos impressos da NSC e mostrar sua criatividade para milhares de catarinenses? Consulte nossos materiais gratuitos e tire suas dúvidas sobre oportunidades e preços.


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Tenha uma marca inesquecível! Comece agora
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico