logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Inovação

Cashback: o que é e como ajuda as lojas a vender mais?

14/05/2021

Procurando uma forma de aumentar a fidelidade dos seus clientes e vender mais? Então vale pensar em associar sua marca a um programa de cashback.

Mas você sabe o que significa essa prática que está se tornando cada vez mais popular? Cashback é uma opção de reembolso pelo consumidor de parte do valor da compra. Literalmente, o significado de cashback é “dinheiro de volta”.

Ele é interessante para o consumidor, assim como para as empresas. Entenda o porquê disso a seguir.

Cresce a busca por cashback em compras na internet

O cashback já é praticado desde os anos 90, sendo o Reino Unido e os Estados Unidos pioneiros nessa prática. No Brasil, a Méliuz foi a primeira empresa a trazer essa solução ao País, em 2011. Por aqui, esse sistema de recompensa tem se popularizado rapidamente nos últimos anos, em especial dentro do contexto da pandemia.

De acordo com o documento 2020 Global Cashback Report, o mercado de cashback é avaliado em 108 bilhões de dólares pelo mundo. O portal Cuponomia informa que, apenas no primeiro semestre do ano passado, cupons e cashbacks movimentaram mais de R$ 1,5 bilhão no País.

Hoje, o cashback é a funcionalidade mais importante para o consumidor brasileiro em aplicativos de e-commerce, segundo a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box. Em abril de 2021, a preferência pela opção foi mencionada por 49% dos entrevistados, um aumento de 19 pontos percentuais desde o começo da pandemia.

Acompanhando esse movimento do mercado, um número maior de empresas vêm oferecendo soluções em cashback para o comércio. Além da Méliuz, outros nomes conhecidos do segmento são PicPay, Beblue e Ame Digital.

Para aproveitar o cashback, tudo que o consumidor precisa fazer é se cadastrar em uma dessas plataformas e ficar de olho nas lojas participantes e oportunidades especiais.

Leia também: Físico ou digital: qual é o melhor modelo de negócio?

Funcionalidades mais importantes para os consumidores brasileiros nos apps de compra. (Fonte: Mobile Time e Opinion Box)

Cashback significa desconto?

Na hora de comunicar a opção de compra com cashback, é preciso ter o cuidado de não induzir o consumidor a achar que se trata de um desconto. Cashback e desconto são coisas diferentes. 

No desconto, o valor da compra é menor para o consumidor. Enquanto isso, no cashback, ele paga a mesma quantia, mas recebe uma porcentagem do dinheiro de volta.

Esse reembolso pode acontecer de duas formas:

  • Devolução diretamente na conta do comprador, em geral após o acúmulo de valor mínimo (R$ 20, por exemplo). Nesse caso, a pessoa pode acumular reembolsos até atingir a cota necessária.
  • Crédito para o futuro. Ou seja, o valor do reembolso só pode ser utilizado dentro do programa de cashback, gerando novas compras.

Vale destacar que alguns programas de cashback têm prazo de resgate ou utilização do dinheiro de volta. Isso dá um senso de urgência ao consumo.

Para a loja, na prática, ela estará pagando uma comissão da venda ao programa, como no marketing de afiliados. É com esse recurso que as empresas que oferecem cashback pagam os usuários finais.

Leia também: Veja como evitar prejuízos com fraudes no e-commerce

Vantagens do cashback para a loja

1) Praticidade

Com o cadastro em apenas uma plataforma, o consumidor pode ter cashback em centenas ou milhares de lojas. Portanto, se há mais praticidade para o público, o comércio tem menos dificuldade de convencê-lo a usar a opção. Além disso, não é preciso gerar cupons nem códigos para esse tipo de atrativo comercial.

2) Funciona como um programa de fidelidade

Há diversos estímulos para o consumidor continuar usando o cashback, logo, realizando novas compras. Como prova disso, uma pesquisa do site Portal da Promo mostra que 45% dos consumidores confirmam a possibilidade de se tornarem clientes fiéis da marca que oferece essa opção.

3) Visibilidade extra para a loja

Como a loja estará associada ao programa de cashback, sempre que as pessoas procurarem pelas marcas em que terão vantagens, o próprio programa servirá para aumentar a visibilidade do negócio. Será um novo canal de descoberta pelo consumidor.

4) Diferentes tipos de cashback

Cada segmento do comércio trabalha com valores e volumes de venda próprios, então é útil que o cashback se adapte à realidade do negócio. Mais ainda, é possível oferecer tipos de cashback aos clientes conforme os objetivos comerciais.

Se a meta é aumentar o ticket médio, é possível ter um cashback fixo, por exemplo, a cada R$ 200 reais em compras, caso a média de compras esteja em R$ 100.

Por outro lado, se o objetivo é aumentar as vendas de itens específicos, eles podem ter porcentagens de reembolso diferenciadas.

5) Possibilidade de vender mais

De acordo com documento 2020 Global Cashback Report, o cashback é capaz de gerar um aumento médio de 3,4 vezes na conversão das vendas e de 46% no ticket médio.

Como última curiosidade sobre o cashback, a pesquisa do Portal da Promo ainda revela que a TV é o meio de comunicação mais relevante para descobrir esse tipo de promoção para 37% dos entrevistados. A televisão vem à frente do supermercado (34%) e da internet (27%).

Para saber como anunciar na TV em Santa Catarina, confira este guia que preparamos para você.


Negócios SC

Estúdio NSC Branded Content

Já ouviu o podcast Negócios SC? Conteúdo direto ao ponto com convidados super especiais Ouça aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico