logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Economia

Santa Catarina tem geração de empregos acima da média

18/03/2022

A geração de empregos é um indicador econômico importante para acompanharmos porque está relacionado a fatores como renda e poder de compra, que alavancam os negócios. Nesse sentido, Santa Catarina vem apresentando ótimos resultados, incluindo a maior geração de empregos da história, o que comprova a força da economia catarinense mesmo em períodos de maior instabilidade.

Em 2021, graças aos quase 168 mil postos de trabalho criados, o Estado encerrou o ano com a menor taxa de desemprego do Brasil, de 4,3%. Isso representa um recuo de um ponto percentual frente ao terceiro trimestre do ano e um percentual de desempregados muito abaixo do nível nacional, que ficou em 11,1% no último trimestre.

Veja mais números sobre essa geração de empregos em Santa Catarina a seguir.

Santa Catarina teve saldo positivo na geração de empregos em 2021

Mesmo enfrentando um cenário ainda de pandemia e de instabilidade econômica no Brasil, Santa Catarina registrou um excelente saldo na geração de empregos em 2021. O Estado fechou o ano com 167.854 postos gerados, o maior desempenho desde 2004, no início da série histórica, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Como comparação, em 2020 o número foi de 36.376 vagas e em 2019, portanto no período pré-pandemia, o resultado foi de 71.406.

Em números absolutos, esse foi o quinto melhor resultado na geração de empregos no Brasil em 2021, atrás apenas de estados mais populosos e com maiores economias, como São Paulo e Minas Gerais. No entanto, se considerarmos os resultados proporcionais, Santa Catarina teve o melhor desempenho nas regiões Sul e Sudeste.

Além disso, no ano de 2021, a oferta de empregos formais para os catarinenses cresceu 7,94%, enquanto a média nacional ficou em 7,08%.

Para completar, o Estado ainda teve cinco cidades entre as 40 que mais geraram empregos no Brasil nesse período. Florianópolis é a mais bem colocada na lista, ficando em 25º lugar com 13.004 postos criados. Joinville, São José, Blumenau e Itajaí também ganharam destaque nesse quesito.

Cidades catarinenses com maior geração de emprego em 2021:

  • Florianópolis: 13.004 (25º lugar no Brasil)
  • Joinville: 12.787 (26° lugar)
  • São José: 11.577 (31º lugar)
  • Blumenau: 10.021 (34º lugar)
  • Itajaí: 9.154 (38º lugar)

A força no emprego reflete-se na economia catarinense como um todo. Tanto que o crescimento do PIB de Santa Catarina em 2021 deve chegar a 8,3%, muito acima do patamar nacional, de 4,6%.

Outro reflexo está na atividade econômica do Estado. Santa Catarina cresceu 6,1% no Índice de Atividade Econômica Regional (IBCR-SC), calculado pelo Banco Central, na comparação entre 2020 e 2021. Já o Brasil cresceu 4,5% no mesmo período.

Leia também: Santa Catarina tem saldo de 138 mil novas empresas em 2021

Setor de serviços têm maior participação nas novas vagas de trabalho. (Foto via Freepik)

Vagas de empregos continuam em alta em 2022

A abertura de vagas em Santa Catarina continua a todo vapor em 2022, depois dos ótimos resultados de 2021. Neste ano, o Caged informa que o Estado criou 23,3 mil novos postos de trabalho apenas em janeiro. É o segundo melhor resultado do País, atrás somente de São Paulo, que abriu 48,3 mil vagas no mês.

Diante desse desempenho, o Estado ruma para manter a menor taxa de desemprego no Brasil, atualmente em 4,3% entre os catarinenses.

Outra boa notícia é a diversidade regional das novas vagas. Elas estão espalhadas por diferentes partes de Santa Catarina, refletindo também a diversidade econômica do Estado.

Cidades catarinenses com maior geração de emprego em janeiro de 2022:

  1. Florianópolis: 1.706 vagas
  2. Itapema: 1.646 vagas
  3. Joinville: 1.529 vagas
  4. Fraiburgo: 1.518 vagas
  5. Blumenau: 1.244 vagas
  6. Itajaí: 915 vagas
  7. Chapecó: 908 vagas
  8. Caçador: 701 vagas
  9. Monte Carlo: 690 vagas
  10. Jaraguá do Sul: 624 vagas

Essa alta de empregos vem impulsionada pelo crescimento de diferentes setores da economia catarinense, como a indústria e serviços.

Leia também: Expectativas do empreendedor catarinense para 2022

Setor de serviços tem crescimento de 14,7%

Falando em geração de empregos, o setor de serviços é o que teve maior participação no saldo positivo de novos postos no País em 2021. Sozinho, ele foi responsável por cerca de 45% das vagas abertas.

Portanto, o bom desempenho no trabalho em Santa Catarina ocorre ao lado do crescimento do setor de serviços no Estado. A alta do volume de serviços foi de 14,7% em 2021 frente a 2020, segundo o IBGE. Mais ainda, na comparação com o patamar pré-pandemia, o resultado é 15,3% maior.

Com a força do empreendedor catarinense, neste e em outros setores da economia, Santa Catarina tem tudo para continuar gerando muito emprego e renda em 2022.

Para saber outros indicadores que impactam o mercado, veja as notícias de Conheça SC.


Negócios SC

Negócios SC


Quer acessar mais dados relevantes do mercado?
Confira nossa seção de pesquisas
Clique aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico