logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Economia

Fecomércio revela o perfil das compras não sazonais em SC

21/03/2022

No Negócios SC, estamos de olho nas datas comemorativas que movimentam o comércio em Santa Catarina. Mas não podemos nos esquecer de que a atenção às vendas deve ser constante o ano inteiro e cada dia é uma oportunidade para conquistar o consumidor.

Nesse sentido, é válido destacar uma pesquisa recente da Fecomércio, em parceria com Sesc e Senac, sobre o comportamento de compras não sazonais no Estado. Foram entrevistadas 789 pessoas de diferentes regiões de Santa Catarina e os dados obtidos revelam o perfil do nosso público ao comprar.

Quer saber os resultados? Acompanhe os números a seguir!

Consumidor catarinense tem comportamento econômico

Sempre ressaltamos como o consumidor catarinense tem o hábito de fazer muitas pesquisas de preço nas datas comerciais, como na Páscoa. No entanto, esse não é um ato isolado. A pesquisa da Fecomércio mostra que esse já é um costume bem enraizado na vida dos moradores do Estado.

Mais da metade dos catarinenses (55%) admite que faz muitas buscas de preço antes de comprar qualquer produto ou serviço. Outros 41,7% definem-se como moderados: nem muito econômicos, nem esbanjadores. Enquanto isso, apenas 3,3% compram sem pensar.

Naturalmente, indivíduos com nível mais baixo de renda tendem a pesquisar mais. Entre aqueles com renda média familiar mensal de R$ 2.204 a R$ 5.509, por exemplo, 64,3% dizem fazer muitas pesquisas de preço. Entre R$ 5.510 e R$ 8.812, esse percentual cai para 51,3%. Já na renda acima de R$ 16.525, apenas 30,6% têm esse hábito.

Outro detalhe importante é que os mais jovens são mais impulsivos. Entre os que gastam sem pensar, a média de idade é de 40,8 anos. Por outro lado, os econômicos têm média de 42,8 anos.

Leia também: Santa Catarina tem geração de empregos acima da média

Maior parte das jornadas de compra em SC começam na internet. (Foto via Freepik)

Compras não sazonais pela internet e lojas físicas

Um traço importante do comportamento do consumidor catarinense é a jornada de compra omnichannel. São raros os casos de pessoas que só compram em lojas físicas (6,8%) ou, mais ainda, somente pela internet (1,1%).

A maioria dos catarinenses (39,2%) faz essa escolha com base no tipo de produto, no preço e na entrega. Outros 34,7% não fazem muita distinção e acabam comprando em ambos os meios.

Vale ressaltar que esse resultado está em consonância com o Raio X do Catarinense, estudo elaborado pela NSC e pelo Instituto Mapa.

Mas a internet é, sem dúvida, o meio favorito na hora de buscar informações sobre novas compras. Mais de 85% dos consumidores catarinenses fazem pesquisas on-line, segundo a pesquisa da Fecomércio.

Onde os catarinenses buscam informar-se sobre produtos?

  • Sites de busca: 56,5%
  • Lojas virtuais: 21,5%
  • Lojas físicas: 7,5%
  • Amigos ou conhecidos: 6,1%
  • Redes sociais: 5,2%

Aqui também há diferenças entre as faixas etárias. Os mais novos, com idade média de 31,1 anos, preferem as redes sociais para a descoberta de marcas, produtos e serviços. Quem pesquisa em sites de busca e lojas on-line tem idade média de 42,1 anos. E quem opta pela procura off-line nas lojas físicas tem idade média de 46 anos.

Entretanto, mesmo entre os consumidores que preferem comprar na loja física, a busca virtual ainda faz parte da jornada de compra. Nesse grupo, 31,5% utilizam buscadores, 11,1% as redes sociais, e 7,4% as lojas on-line.

Leia também: Estudo revela o comportamento das gerações em SC

Meios de pagamento favoritos em Santa Catarina

Cada vez menos catarinenses usam papel-moeda nas compras. Até o Pix já desbancou o dinheiro vivo entre as preferências nos pagamentos.

Formas de pagamento preferidas (pode ser mais de uma):

  • Cartão de crédito parcelado: 65,5%
  • Cartão de crédito: 55,5%
  • Cartão de crédito à vista: 49,2%
  • Pix: 40,7%
  • Dinheiro: 33%
  • Boleto: 27,4%

Porém, o papel-moeda continua sendo a principal forma de pagamento entre o pequeno nicho de consumidores que só fazem compras em lojas físicas.

Também é interessante destacar como o Pix ganhou rapidamente a predileção do público. Apenas 13,7% dos entrevistados na pesquisa nunca usaram essa forma de pagamento, ou é a menos utilizada nas compras.

Se deseja saber mais sobre o comportamento do consumidor em Santa Catarina, baixe o estudo Raio X do Catarinense. Nele você encontra outros dados sobre a intenção de consumo, itens desejados e o que mais atrai o público no Estado. Aproveite!


Negócios SC

Negócios SC


Quer acessar mais dados relevantes do mercado?
Confira nossa seção de pesquisas
Clique aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico