logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Inovação

Ecossistema de startups de Florianópolis se destaca no BR

03/09/2021

Florianópolis é reconhecida como um dos maiores polos de inovação no Brasil. Inclusive, de acordo com Tech Report 2020, é a cidade brasileira com o maior número de empresas de tecnologia por mil habitantes. São 5,1 empresas para cada mil florianopolitanos.

A capital ainda é responsável por grande parte do faturamento em tecnologia no Estado. Santa Catarina faturou R$ 17,7 bilhões em 2019 com o setor, enquanto a Grande Florianópolis movimentou R$ 9,9 bilhões.

Mas o reconhecimento também é internacional. O estudo The Global Startup Ecosystem Index Report 2021, realizado anualmente pela StartupBlink, colocou Florianópolis entre os 15 ecossistemas de startups mais bem avaliados da América Latina e Caribe. Veja mais detalhes a seguir.

Ecossistema de Florianópolis em 15° lugar na América Latina e Caribe

Esse índice global de ecossistemas de startups avalia 1.000 cidades, em uma centena de países, e cria a partir disso um ranking internacional.

O Brasil como um todo perdeu seu lugar no top 20 mundial e agora aparece em 24º lugar, quatro a menos que no relatório de 2020. As cinco primeiras posições são ocupadas por Estados Unidos, Reino Unido, Israel, Canadá e Alemanha.

Já no ranking por cidades, São Paulo manteve-se no top 20, ficando com a 20ª colocação. Na América Latina e Caribe, o posto mais próximo é o da Cidade do México, em 50º lugar.

O ecossistema de Florianópolis aparece como o 270º mais bem avaliado no mundo. Mas se considerarmos apenas América Latina e Caribe, a capital de Santa Catarina aparece na 15ª posição.

O Brasil tem sete cidades nesse top 20: São Paulo (1º), Curitiba (7º), Rio de Janeiro (8º), Belo Horizonte (10º), Porto Alegre (14º), Florianópolis (15º) e Brasília (19º). Portanto, a capital catarinense fica em sexto no ranking nacional.

México e Colômbia, por sua vez, emplacam três cidades entre os 15 ecossistemas de startups mais bem avaliados na América Latina e Caribe. A Argentina aparece em duas posições, enquanto Chile, Peru, Uruguai, Costa Rica e Porto Rico têm uma cidade cada na lista.

Leia também: Florianópolis: construindo a cidade inteligente do amanhã

Florianópolis entre os melhores ecossistemas de inovação regionais (via Observatório FIESC).

Como foi avaliado o ecossistema da startups de Florianópolis?

O ranking elaborado pela StartupBlink leva em conta três critérios de avaliação: quantidade, qualidade e ambiente de negócios. Cada um gera uma nota para a cidade, que é comparada entre localidades e somada nas notas nacionais.

Quantidade

Um ecossistema de startups fértil é aquele capaz de florescer novos negócios. Mas, para isso, também é preciso que haja um bom número de outras organizações apoiando, como aceleradoras e incubadoras de empresas.

O fator quantidade avalia, por exemplo:

  • o número de startups;
  • o número de espaços de trabalho compartilhado;
  • o número de aceleradoras;
  • o número de encontros de negócios entre startups.

Qualidade

Aqui se procura analisar a relevância desses negócios de cada cidade e como eles se posicionam em relação ao ecossistema global de inovação.

O fator qualidade avalia, por exemplo:

  • a presença de sedes ou braços de empresas multinacionais;
  • a presença de empresas do tipo unicórnio ou panteão;
  • o total de investimento privado;
  • o número de colaboradores por startup;
  • a realização de eventos globais para empreendedores.

Ambiente de negócios

Outros elementos ainda compõem uma estrutura favorável para o desenvolvimento de startups. A própria legislação de um país pode influenciar isso e investimentos em infraestrutura e educação impactam o ecossistema de inovação.

O fator ambiente de negócios avalia, por exemplo:

  • a facilidade de se fazer negócios e abrir empresas;
  • a velocidade da internet na localidade;
  • a liberdade no meio digital;
  • a disponibilidade de serviços digitais;
  • o número de patentes registradas por pessoa;
  • o nível de proficiência em inglês.

Leia também: Tech SC ajuda na comunicação B2B de startups catarinenses

Florianópolis é a terceira cidade mais empreendedora no Brasil para Endeavor

Outro estudo, desta vez da Endeavor em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (Enap), aponta as cidades mais empreendedoras no Brasil. Novamente, Florianópolis aparece bem colocada, em 2º lugar no ranking nacional.

Florianópolis destaca-se especialmente nos quesitos inovação e capital humano, sendo a cidade mais bem avaliada no Brasil nesses dois aspectos. Para Pablo Bittencourt, consultor econômico da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), “qualidade de vida, ecossistema de inovação e menos burocracia são fatores que fomentam o empreendedorismo na capital”.

Outras duas cidades catarinenses aparecem entre as 20 mais bem posicionadas no País: Joinville aparece na 16ª posição, enquanto Blumenau fica com a 17ª.

Como se vê, o desenvolvimento de um ecossistema de startups não é resultado de um único fator. É uma soma de esforços entre governos, iniciativa privada e sociedade. E nisso Florianópolis está caminhando na direção certa.

Veja mais notícias do Estado em Conheça SC. Além disso, você pode acompanhar o dia a dia da inovação em Santa Catarina pelo Tech SC.


Negócios SC

Negócios SC


Quer acessar mais dados relevantes do mercado?
Confira nossa seção de pesquisas
Clique aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico