Apresentar novidade

Termômetro Solidário mobiliza empresas de SC

O valor de uma marca vai além da qualidade de seus produtos e serviços. Hoje, negócios capazes de gerar um impacto positivo na sociedade têm ganhado cada vez mais a preferência do consumidor.

Marcas engajadas estabelecem, assim, uma relação de reciprocidade com o público. Ao apoiarem sua comunidade, elas também se fortalecem. E se uma só empresa já consegue fazer muito pelas pessoas, imagine o quanto a união de várias delas pode contribuir para o bem de todo um Estado.

O Termômetro Solidário, projeto organizado pela NSC, é prova do poder dessa cooperação em prol da solidariedade. Nesta edição de 2021, foram mais de 295 mil peças de roupa doadas para os catarinenses que mais precisam dessa ajuda, em meio aos recordes de frio neste ano.

Saiba mais sobre a campanha e conheça as marcas que abraçaram esta ação pelo bem de Santa Catarina.

Fort Atacadista é parceiro do Termômetro Solidário

O Termômetro Solidário é um projeto da NSC realizado em parceria com empresas de Santa Catarina para arrecadação e distribuição de agasalhos na estação mais fria do ano. Ele acontece desde 2018 e conferiu à NSC o Prêmio Empresa Cidadã em 2020, entregue pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil em Santa Catarina (ADVB/SC).

Nos dois meses de ação em 2021, o Termômetro Solidário contou com o apoio de sete marcas parceiras: Auto Premier, Casa do Couro Mezzalira, Empresas Radar, Fort Atacadista, Multilog, Rôgga Empreendimentos e Unoesc. Além disso, teve 500 voluntários e mais de 40 pontos de coleta distribuídos pelas cidades de Florianópolis, Joinville, Blumenau, Balneário Camboriú, Itajaí, Criciúma, Chapecó, Lages e Joaçaba.

— Ações que promovem o engajamento da comunidade, que despertam o público para a cidadania, tendo como objetivo fomentar o bem do próximo, o olhar para o outro, têm muito a agregar para a sociedade atual. E a campanha Termômetro Solidário mostrou isso: conseguimos despertar nas pessoas esse cuidado com quem estava em situação desfavorecida. Estes “pequenos” gestos fazem a diferença e, inclusive, fortalecem os nossos negócios — destaca Gustavo Petry Custódio, gerente nacional de marketing do Fort Atacadista.

Essa parceria do Fort Atacadista com a NSC em projetos sociais vem sendo desenvolvida ao longo de diversas ocasiões. E a capilaridade de uma marca presente em grande parte do Estado certamente contribui para o sucesso dessas ações.

— Já estivemos juntos com a NSC em outras oportunidades, em várias ações que fazem a diferença para Santa Catarina. Sabemos que são sempre ações bem desenhadas e bem executadas, além do grande alcance e credibilidade da NSC em todas as praças, através dos seus diferentes canais — explica Custódio.

O Fort Atacadista, cujo slogan diz “Bom negócio é fazer o bem”, também desenvolve as próprias ações socioambientais. Um exemplo disso é o Troco Solidário, projeto que em Santa Catarina, no último semestre, somou mais de R$ 360 mil em doações, beneficiando 18 entidades filantrópicas. Esse cuidado é um dos elementos que ajudam a humanizar a marca.

— A humanização para nós sempre vai ser importante. Não só do ponto de vista de estar próximos, de escutar o consumidor e de tentar atender tudo aquilo que ele busca, mas temos uma preocupação também muito grande com as regionalizações e suas peculiaridades. Temos o cuidado de estar muito próximos das comunidades e de nos envolver em todas as ações sociais. E isso não é de hoje — esclarece o gerente de marketing.

Leia também: Confraria Itapema une marcas a um público seleto

Meta e total de peças arrecadadas no Termômetro Solidário 2021. (Reprodução NSC TV)

Superação da meta de doações surpreende a Rôgga Empreendimentos

Ao longo dos anos, o Termômetro Solidário tem revelado todo o amor ao próximo que reside no coração dos catarinenses. Então, justamente em um dos momentos mais difíceis para o Estado, entre a pandemia e as temperaturas negativas, nossas marcas e nossa sociedade puseram um carinho redobrado nesta ação beneficente.

— O Termômetro Solidário veio no momento certo, principalmente com muitas pessoas com necessidade — afirma Thales de Souza Silva, diretor comercial na Rôgga Empreendimentos.

A meta para 2021 era arrecadar 200 mil peças de roupa, um número já 490% superior ao objetivo do ano passado, quando se esperava coletar 50 mil.

Mas o resultado foi ainda mais impressionante: foram arrecadadas 295.302 peças ao todo. Além disso, esta edição do Termômetro Solidário realizou a distribuição de alimentos aos necessitados.

Números do Termômetro Solidário em 2021:

  • 500 voluntários
  • 100 instituições apoiadas
  • mais de 295 mil peças doadas
  • mais de 700 refeições distribuídas
  • mais de 33 mil famílias beneficiadas

Para o diretor comercial da Rôgga, ações de impacto social como essa estreitam a relação da marca com o público.

— Esse tipo de ação nos ajuda a aproximar do nosso público. Afinal, cada dia as pessoas estão mais preocupadas com a razão de existir de cada empresa; como elas atuam, como elas se comunicam, como elas se relacionam com o mercado, as ações que elas apoiam… E o Termômetro Solidário é um projeto único, principalmente porque a gente consegue levar a melhoria do habitat humano, que é a nossa razão de existência, a nossa principal missão, então encaixa totalmente dentro do propósito que a Rôgga tem — revela Silva.

Então, comentando sobre os números expressivos alcançados pela campanha, ele revela uma grata surpresa.

— Com relação a esses resultados, realmente nos surpreendeu bastante. A gente fica muito feliz de saber que estamos ajudando mais de 33 mil famílias catarinenses. Esse é um número de grande impacto e só reforça o quanto é importante esse tipo de trabalho de conscientização e envolvimento da sociedade para conseguirmos ter um mundo cada vez melhor.

A responsabilidade socioambiental está na essência da Multilog

Para Ana Cristina Ramalho da Cunha, especialista de marketing na Multilog, o Termômetro Solidário aqueceu não só as pessoas que mais precisavam, mas o coração de todos que se envolveram.

— Na Multilog, a gente sempre teve essa preocupação de impactar de forma positiva onde a gente atua. Então, aquecer o inverno de quem precisa, ainda mais nesse momento atípico de pandemia, vai muito além do que a gente imagina — comenta Cunha.

A solidariedade faz parte da responsabilidade socioambiental da Multilog. Isto, é do compromisso de proteger as pessoas e o ambiente onde estão inseridas.

— A responsabilidade socioambiental se tornou uma realidade ao longo do tempo nas empresas, inclusive na Multilog, que completou 25 anos agora em maio. Então, apoiar ações como a do Termômetro Solidário está totalmente em linha com o nosso DNA, com os nossos valores de respeito com as pessoas e confiança nas relações. Ainda reforça a diferença que a gente pode fazer na vida das pessoas ao unir forças com os diferentes agentes da sociedade, como as empresas privadas, as associações, voluntários e a própria comunidade — explica a especialista de marketing.

O resultado dessa união foi, de fato, bastante positivo. Assim, o Termômetro Solidário mostra que a cooperação torna Santa Catarina ainda mais forte.

— Desde o início nos inspirou a ideia de fazer parte de uma ação que impactaria o bem-estar de tantas pessoas pelo Estado, além de contribuir com o desenvolvimento dos catarinenses de alguma forma. E ver a proporção que a campanha tomou, a superação das metas iniciais e o envolvimento de todos foi ainda mais gratificante.

Unoesc vive as práticas de ESG no dia a dia universitário

A responsabilidade socioambiental é um dos pilares do ESG. A sigla representa um conjunto de práticas ambientais ou ecológicas, sociais e de governança que visam a aumentar a sustentabilidade, o respeito, a participação no âmbito social, a diversidade, o compliance e a transparência dentro das empresas.

Mas, além de gerar um impacto positivo para a sociedade, o ESG pretende mostrar que o engajamento das marcas é capaz de aumentar a competitividade delas. É o que reflete o professor Ricardo de Marco, pró-reitor administrativo da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc).

— As ações sociais são o objeto da nossa universidade, uma vez que temos uma responsabilidade social muito grande com a nossa comunidade, com a interação com o nosso público, e essa relação vem se fortalecendo ao longo do tempo. Campanhas como essa representam todo o compromisso que temos com as pessoas menos assistidas. E isso traz uma relação muito próxima, uma relação pessoal das marcas com seus usuários e, principalmente, com todos que se relacionam com a nossa instituição — conta Marco.

Dentro da sua missão e visão, a Unoesc atendeu mais uma vez ao apelo social de amparar as pessoas que mais necessitam, especialmente em um momento crítico como o que atravessamos neste inverno. Essa responsabilidade social universitária foi muito importante para o sucesso do Termômetro Solidário em 2021.

— O impacto e o saldo é extremamente positivo. A parceria entre as instituições que fizeram parte dessa campanha junto com a NSC se fortalece ao longo do tempo e beneficia muitas pessoas.

Leia também: SXSW Insights: Placar ético

Grande arrecadação de roupas na ação de drive-thru em Florianópolis (Divulgação NSC TV)

O impacto imensurável das ações sociais para a Auto Premier

Participar de campanhas como o Termômetro Solidário é uma oportunidade para as empresas entenderem o impacto que podem ter na comunidade. Mais ainda, permite conhecer de perto as instituições que trabalham diariamente em prol de causas sociais. Essa é a visão de Amanda Marton Nascimento, analista de marketing na Auto Premier.

— É aí que entra o nosso papel de responsabilidade social, em conjunto com os valores da marca, justamente em entender o impacto que nós temos e que nós podemos ter. E também a nossa responsabilidade de estar influenciando e compartilhando essas ações com o público para ajudar quem precisa — destaca a analista de marketing.

Ela também reflete sobre como esse engajamento da marca pelo bem das pessoas torna os negócios mais humanos.

— Participar ativamente de ações sociais contribui muito para esse processo de humanização e de proximidade com o público, porque é quando a gente realmente mostra que nós temos como marca valores humanos, que nós fazemos parte ativamente da comunidade e que nós contribuímos com a sociedade — comenta Nascimento.

Mas o verdadeiro resultado vai além das mais de 295 mil peças doadas ou do fortalecimento das marcas apoiadoras do Termômetro Solidário. Quem ganha é a vida.

— Imensurável. É um impacto imensurável. Não só quando a gente fala em quantidade, a campanha deste ano do Termômetro Solidário superou as expectativas, mas quando a gente acompanha as entregas, vê a reação de quem está recebendo, tanto das instituições quanto das famílias, aí você percebe o impacto que a gente consegue ter ajudando quem precisa. E isso não tem preço.

Casa do Couro Mezzalira apoia na região serrana

Alberto Mezzalira, diretor da Casa do Couro Mezzalira, ainda vê outro aspecto positivo de a marca cumprir seu papel social. Ao comprar no estabelecimento, o consumidor sabe que também estará sendo solidário. Então a compra deixa de ser apenas uma transação comercial e torna-se algo muito maior.

— Iniciativas como essa e com a força da imprensa catarinense, além do engajamento de toda a população e empresas, faz a diferença na vida das pessoas. Os números por si só demonstram o sucesso da campanha — diz Mezzalira.

A empresa de Lages está inserida no comércio local há mais de 34 anos e tem seus produtos no comércio de toda Santa Catarina. Essa relação de longa data com os catarinenses é fortalecida com o envolvimento em ações sociais.

Então, quando perguntado por que a Casa do Couro Mezzalira decidiu apoiar especificamente o Termômetro Solidário, o empreendedor é enfático.

— Primeiro, pela credibilidade da NSC e pelo compromisso com a comunidade catarinense. E, segundo, porque buscamos servir e apoiar causas sociais, ainda mais nesse período que vivemos de pandemia em que as pessoas estão em situações vulneráveis. Apoiar o Termômetro Solidário da NSC vem ao encontro de nossos valores, pois estamos contribuindo para tornar a vida das pessoas mais justa e fraterna por meio de responsabilidade social.

Termômetro Solidário amplia o impacto social das empresas Radar

Na região Sul do Estado, José Altair Back, diretor das empresas Radar, relata uma grande identificação da marca Radar com ações sociais na comunidade onde ela se situa.

— Culturalmente, a Radar está inserida no cenário de projetos sociais. Já temos ações em que estamos envolvidos e o Termômetro Solidário vem ao encontro dos nossos projetos. Foi uma forma que encontramos, em parceria com a NSC, de atingir um número maior de beneficiados — declara Back.

Agora, em meio à pandemia, percebeu-se um aumento na quantidade de pessoas em situação de necessidade. Então, o diretor considerou o projeto da NSC como essencial para a região e, por esse motivo, as empresas Radar abraçaram a parceria. A decisão mostrou-se bastante acertada.

— Avaliamos o projeto como um sucesso, atingindo resultados maiores que a meta estipulada e podendo dar a todos esse resultado positivo para nosso Estado. É muito bom saber que a Radar fez parte desses números — ele comemora.

Assim, com responsabilidade social e buscando o bem dos catarinenses, as empresas Radar somaram forças a esse grande movimento que foi o Termômetro Solidário 2021.

Mas esse tipo de ação não pode parar. Afinal, um futuro melhor é escrito todos os dias. E a NSC reforça seu compromisso com o Estado, dando continuidade a essa e outras campanhas que fazem a diferença na vida dos catarinenses.


Edição Especial Termômetro Solidário


Veículos utilizados
Live Marketing NSC

Compartilhe:
Outras histórias de sucesso
Empresa de tecnologia tem resultado impressionante Apresentar novidade
Empresa de tecnologia tem resultado impressionante

Veja como uma solução em tecnologia pode rapidamente ganhar novos clientes com o Tech SC

Saiba mais
Convenção de vendas da Leonora é sucesso Apresentar novidade
Convenção de vendas da Leonora é sucesso

Conheça as soluções em live marketing da NSC, aprovadas no evento de vendas da Leonora

Saiba mais
Startup AHOY! cresce com ajuda da NSC Apresentar novidade
Startup AHOY! cresce com ajuda da NSC

Veja como uma nova startup cresceu quase 800% com divulgação no Tech SC

Saiba mais
Torne sua marca também um case de sucesso da NSC Saiba como