logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Vendas

Varejo mantém crescimento em 2021, apesar da inflação

19/10/2021

Em setembro de 2021, mesmo diante do impacto da inflação no varejo brasileiro, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) elevou a expectativa de crescimento do setor. Mas o que o comércio pode esperar exatamente neste final do ano?

Segundo a própria CNC, a inflação deve atuar como um freio ao consumo. Ainda assim, a análise indica que 2021 terminará com um saldo positivo para as vendas.

Quer saber mais sobre o cenário do varejo? Veja os dados a seguir.

Varejo mantém previsão de crescimento em 2021

Apesar da alta da inflação, a expectativa é de que o varejo cresça 4,9% em 2021, segundo a estimativa de setembro feita pela CNC. Inclusive, a projeção é maior do que a calculada em fevereiro deste ano, quando a entidade esperava um crescimento de 3,5% no setor.

Se confirmado esse desempenho, será o maior crescimento desde 2012. Naquele ano, a CNC registrou uma alta de 8,4% no comércio brasileiro.

Mas essa não é a única previsão favorável para as vendas do varejo em 2021. De acordo com uma análise da EMIS, do Grupo ISI Emerging Markets, o volume de vendas no comércio brasileiro deve crescer 3,6% neste ano, em comparação com 2020. Mais além, para 2022, a previsão de crescimento é de 3,8%.

Leia também: Pandemia acelera tendências do setor de supermercados

Volume de vendas no varejo deve fechar 2021 em alta. (Foto via Freepik)

Inflação freia maior crescimento das vendas no varejo

Depois de uma nova revisão, a projeção da inflação no Brasil chegou a 8,69% em 2021. Essa é a 28ª alta consecutiva do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), conforme a divulgação no Boletim Focus, do Banco Central.

Mas não é preciso recorrer aos analistas do mercado para perceber o peso da inflação. O consumidor brasileiro sente a alta dos preços no dia a dia.

Um levantamento do Instituto Paraná Pesquisas mostra, por exemplo, que 49,5% dos consumidores já veem as compras de supermercado como o principal problema nas contas de casa. Isso se reflete em gastos mais controlados, acarretando no menor consumo em algumas categorias do varejo.

Contudo, mesmo com o desempenho mais baixo da economia por causa da inflação, o varejo mantém um crescimento acumulado tanto no ano quanto nos últimos 12 meses.

Leia também: Inflação e juros subindo. Qual o reflexo nos seus investimentos?

Vendas no varejo têm alta de 5,1% em 2021

Agosto de 2021 foi quando mais se sentiu a carga da inflação no varejo. O volume de vendas caiu 3,1% no mês, em relação a julho, de acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio, do IBGE.

Ainda segundo o Instituto, esse foi o maior recuo em agosto desde o início da série histórica, em 2000. Foi também o maior recuo em 2021 até então.

O resultado negativo foi puxado pelas quedas nas vendas de artigos de uso pessoal e doméstico (-16%); equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-4,7%); combustíveis e lubrificantes (-2,4%); móveis e eletrodomésticos (-1,3%); livros, jornais, revistas e papelaria (-1%); e hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,9%).

No varejo restrito, tiveram alta no mês de agosto apenas os segmentos de tecidos, vestuário e calçados (+1,1%); e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (+0,2%).

No entanto, o acumulado do varejo brasileiro segue positivo. A Pesquisa Mensal do Comércio mostra que, entre janeiro e agosto de 2021, o volume de vendas teve crescimento de 5,1% frente aos oito primeiros meses do ano anterior. Já no acumulado de 12 meses até agosto, o aumento foi de 5,0%.

Enquanto isso, em Santa Catarina o varejo cresceu 4,6% no acumulado do ano e 5,8% no acumulado de 12 meses.

Leia também: Como está a retomada econômica de Santa Catarina?

A importância de investir na comunicação do varejo

Com a alta dos preços, o que faz o consumidor? Pesquisa mais e procura as melhores oportunidades.

É justamente neste momento que as marcas devem continuar investindo na comunicação do varejo. Esconder seu negócio nesta época do ano não ajudará a manter o desempenho positivo nas vendas. Esta é a hora de mostrar por que sua empresa é a melhor escolha do público.

Além disso, as grandes datas do varejo ainda estão pela frente. Na Black Friday 2021, por exemplo, a Offerwise projetou um crescimento de 29% no número de consumidores comprando em relação ao ano passado.

Então, como você pode anunciar de uma forma que cabe no seu orçamento? Uma solução é usar o Simulador de Campanha do Negócios SC!

Veja como funciona a ferramenta:

  • Defina qual é o perfil de consumidor que você deseja alcançar.
  • Indique quanto pretende investir na campanha.
  • Informe também qual é o período de veiculação desejado.

A partir de informações como essas, o sistema inteligente da NSC sugere automaticamente uma estratégia de divulgação para sua marca.

Gostou da ideia? Faça quantas simulações quiser.


Negócios SC


Já ouviu o podcast Negócios SC? Conteúdo direto ao ponto com convidados super especiais Ouça aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico