logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Marketing

SEO no Google: você sabe a importância de E-A-T e YMYL?

14/02/2022

Ter um bom ranqueamento nas buscas do Google é um dos principais objetivos de uma estratégia de marketing digital. Isso porque aparecer nos primeiros resultados da ferramenta de busca mais utilizada no mundo aumenta o tráfego orgânico para as palavras-chave essenciais de um negócio.

Agora, considerando que existem mais de 1,8 bilhão de sites e esse número não para de crescer, não falta competição para estar entre os 10 primeiros resultados da pesquisa. Então, é preciso adotar boas práticas de SEO, ou otimização para mecanismos de busca, para melhorar seu posicionamento on-line.

O próprio Google revela dicas do que ele considera importante na hora de ranquear uma página. Dentro disso, entender os conceitos de E-A-T e YMYL são fundamentais para quem deseja ter melhores resultados. Você sabe o que significam?

Acompanhe a explicação a seguir.

Como o Google define os resultados na busca?

Para continuar sendo o buscador número um do mundo, o Google deseja entregar valor ao público. Portanto, para figurar nos resultados das buscas, ele estabelece que “sites e páginas devem ser criados para ajudar os usuários”.

Ou seja, ao determinar a ordem dos resultados das buscas, o que ele está fazendo, na verdade, é listar as melhores soluções para determinada necessidade de um indivíduo. E isso envolve alguns processos de avaliação de sites e páginas.

O primeiro deles são milhões de pequenos algoritmos trabalhando em conjunto. O mais famoso deles é o PageRank, que calcula a importância de uma página a partir de quantos links ela recebeu de outros endereços na internet. Nesse cálculo, páginas com muitos links recebidos também podem conferir importância a páginas menores ao fazer ligações para elas.

Além disso, como o buscador é feito para pessoas reais, ele usa indivíduos treinados para avaliar a qualidade das buscas. Esses indivíduos baseiam sua avaliação em um guia definido pelo próprio Google, que traz o conceito de E-A-T como um de seus preceitos centrais.

Vale destacar: E-A-T não é um único fator de ranqueamento do Google, entre os mais de 200 que ele emprega. Portanto, ele não pode ser quantificado automaticamente como o número de links recebidos ou a velocidade de carregamento da página. Esse conceito é uma forma de os avaliadores apontarem para o Google como entregar os melhores resultados na busca.

Leia também: Backlinks em comentários de blog melhoram sua posição no Google?

Google usa mais de 200 fatores para determinar a posição dos resultados na busca. (Foto via Freepik).

O significado e a importância de E-A-T para as buscas no Google

Os algoritmos do Google procuram identificar diversos sinais em sites e páginas que correspondam a três qualidades essenciais para entregar valor aos usuários. Essas qualidades são resumidas na sigla E-A-T, que significa:

  • Expertise (especialização)
  • Authoritativeness (autoridade reconhecida)
  • Trustworthiness (confiabilidade)

Vamos ver cada um desses critérios em mais detalhes.

Expertise (especialização)

O Google parte do princípio de que um conteúdo útil precisa ter embasamento. Portanto, ele deve ser produzido por especialistas na área.

O critério de expertise avalia o conteúdo da página, procurando pela autoria. Quem assina um artigo de blog, por exemplo, deve ter experiência para escrever sobre o tema em questão. Os avaliadores são encorajados a buscar informações sobre essa pessoa, procurando por formações, empregos, prêmios, menções na mídia, outros conteúdos produzidos etc.

Em muitas áreas, uma experiência de rotina já é o bastante para o E-A-T. Por exemplo, uma página sobre organização pessoal ou humor pode ser feita por qualquer pessoa que tenha relação com esses temas. No entanto, como é o caso das empresas que entram no conceito de YMYL, é exigida uma experiência profissional. Falaremos sobre isso adiante.

Leia também: Featured snippets: conquiste a posição zero nas buscas do Google

Authoritativeness (autoridade reconhecida)

Para as buscas do Google, autoridade também pode ser entendida como reputação. Isso vale para a autoria, o conteúdo da página e o site como um todo.

Um dos fatores avaliados neste critério é o PageRank, mas não só. Ele avalia também há quanto tempo o domínio existe na internet, se ele tem relação com o tema do conteúdo, se é mencionado por especialistas da área e até mesmo se há menção na Wikipédia ao autor, empresa ou domínio da publicação.

Ou seja, a avaliação da autoridade reconhecida leva em conta o que a internet diz a respeito de um autor, página ou site.

Diante disso, empresas que estão começando a produzir conteúdo, que têm poucas menções on-line ou que almejam ranquear em palavras-chave diferentes da sua área de autoridade terão maior dificuldade de aparecer nos primeiros resultados do Google.

Leia também: SEO: otimização muito além das palavras-chave

Trustworthiness (confiabilidade)

A terceira qualidade do E-A-T é a confiabilidade. Isto é, por que as pessoas devem confiar em determinado autor, nas informações de um conteúdo e no site da empresa.

Aqui entram algumas características básicas de um endereço, como disponibilizar dados de contato, ter um certificado de segurança SSL e oferecer uma boa experiência de navegação móvel, até outras mais complexas. Por exemplo, um conteúdo confiável é aquele que menciona fontes igualmente confiáveis, traz informações precisas e está atualizado.

Outro quesito fundamental da confiabilidade são as avaliações da empresa na internet. Você pode ter a melhor estratégia de marketing de conteúdo, mas se os clientes deram notas baixas para os produtos ou serviços oferecidos, isso vai prejudicar seu ranqueamento nas buscas. Então, procure sempre responder essas críticas com o intuito de resolver a situação e melhorar a experiência do consumidor.

Leia também: Como lidar com reclamações de clientes on-line?

E o que é YMYL?

Mencionamos o conceito de YMYL do Google algumas vezes até aqui. Então, o que ele significa?

YMYL é outra definição importante para SEO, referente a sites cujo conteúdo impacta diretamente as finanças, a saúde e o bem-estar das pessoas. Daí a sigla para Your Money or Your Life (Seu Dinheiro ou Sua Vida).

Entram na categoria de sites YMYL:

  • Notícias e atualidades: novidades sobre eventos internacionais, negócios, ciência, política, tecnologia etc., desde que possam ter um impacto negativo na felicidade, saúde, estabilidade financeira ou segurança de uma pessoa.
  • Governos, serviços ao cidadão e assuntos legais: envolvendo assuntos públicos, direitos, obrigações e orientações legais para cidadãos.
  • Finanças: informações sobre investimentos, impostos, empréstimos, serviços bancários, aposentadoria, seguros e assuntos correlatos.
  • Compras: informações ou ferramentas de compras, além de sites com venda on-line.
  • Saúde: conteúdos relacionados a doenças, medicamentos, práticas de saúde, hospitais e clínicas, entre outros.

Muitos outros temas também são considerados dentro do conceito de YMYL. Afinal, nutrição, exercícios físicos, carreira, sexualidade, religião, reparos em casa, segurança e uma diversidade de conteúdos podem impactar a vida das pessoas.

Empresas que se encaixam nesse conceito terão um nível de exigência E-A-T ainda maior. É por isso que desde 2018, quando o YMYL entrou em vigor, apenas as páginas com maior E-A-T conseguem aparecer no topo das buscas nesses temas.

Leia também: Veja como um publisher potencializa sua estratégia de SEO

Como melhorar seu posicionamento no Google?

Se você tem um site YMYL, existem algumas tarefas para melhorar sua posição no buscador:

  1. Assinar seus conteúdos com especialistas da área em questão.
  2. Aumentar sua reputação com menções de outros sites de autoridade.
  3. Produzir conteúdos de qualidade e zelar pela imagem do negócio.

Felizmente, a NSC pode ajudar. Por meio do marketing de conteúdo em portais como o NSC Total, que recebe mais de 30 milhões de visualizações de páginas por mês e tem alta autoridade, sua marca pode ganhar maior reconhecimento para os algoritmos do Google.

Além de produzir conteúdos de qualidade pelo time especializado do Estúdio NSC Branded Content, a NSC reconhece com palavras-chave e links a importância da marca para o segmento.

Quer saber mais? Veja como funciona o marketing de conteúdo na prática com a NSC.


Negócios SC


Já ouviu o podcast Negócios SC? Conteúdo direto ao ponto com convidados super especiais Ouça aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico