logo Negócios SC
Acelere suas vendas
Comunicação

Reconhecimento de marca: como mensurar seu sucesso?

01/02/2019

Todo empreendedor no fundo sonha que sua marca seja um sinônimo da sua área de atuação. Isso representa ocupar um lugar de destaque no mercado, é ser a primeira solução que vem à mente do consumidor diante de certa necessidade ou desejo, é ser top of mind. Marcas assim não apenas tendem a vender mais que suas concorrentes, como têm mais valor para o público.

Esse valor, claro, envolve muitos elementos subjetivos. Mas também há formas concretas de mensurar o reconhecimento de uma marca e é do encontro dessas duas vertentes que podemos mensurar o sucesso dela. Veja a seguir como é possível fazer isso.

A importância de ter uma identidade forte

Para uma marca ser reconhecida, antes ela precisa ser conhecida e tal conhecimento se dá por meio de uma identidade bem definida. E quando falamos disso, é mais que a identidade visual da marca, estamos falando também de toda a cultura organizacional por trás dela.

Uma cultura focada no consumidor, com posicionamento alinhado aos interesses dele e uma relação transparente, além de uma experiência agradável em todos os pontos de contato on-line e off-line com a marca, são os componentes de uma identidade forte. Amarrando tudo isso entram os elementos da comunicação, como a imagem, o tom de voz, etc.

Como se pode perceber, o reconhecimento de uma marca diz muito mais sobre sua essência e seu propósito no mercado que uma comparação direta com os preços ou as características dos produtos dos concorrentes. Uma marca dominante é aquela que conquista o bolso, mas principalmente o coração do público.

Então, como fazer essa mensuração do reconhecimento?

Leia também: Como ter um propósito definido ajuda a aumentar o valor da marca

Medindo o reconhecimento da marca

Neste artigo adotaremos critérios de avaliação da imagem da marca muito mais próximos de pequenas e médias empresas que das megacorporações, justamente para mostrar que o reconhecimento está ao alcance de todos. Confira!

  • Pesquisas de preferência e reconhecimento de marca: Sejam espontâneas, sejam orientadas, o objetivo dessas pesquisas é comparar entre empresas concorrentes qual delas vem primeiro à mente do consumidor quando ele pensa em determinado assunto e qual ele escolheria como solução.
  • Pesquisas de satisfação: Essa é uma pesquisa interna para entender melhor como o cliente percebe a empresa e quais motivos o levam a se relacionar com ela.
  • Volume de buscas e tráfego web: É possível medir o interesse que uma marca desperta no público — e compará-lo com o das concorrentes — a partir do número de pessoas que ativamente buscaram saber mais sobre ela pela internet.
  • Engajamento nas redes sociais: Quando falamos de engajamento, nos referimos a indicadores-chave de desempenho e não a métricas de vaidade. Um exemplo deste último caso é a quantidade de seguidores, que não indica se o conteúdo da marca realmente ressoa com o público. Já o número de menções, compartilhamentos e comentários positivos pode dar uma dimensão de quão bem aceita é a marca nas redes sociais.
  • Avaliações e testemunhos: Especialmente em sites de compra, a avaliação de outros consumidores tem um peso considerável na decisão de compra. Se a marca tem suas qualidades reconhecidas, ela continuará no caminho de bons negócios.
  • NPS (net promoter score): É outra forma de avaliação da satisfação do cliente, que propõe uma pergunta direta a ele: de 0 a 10, o quanto você indicaria nossa empresa ou produto a seus conhecidos?
  • Market share e market growth rate: Estas são duas métricas da relação da empresa com o mercado. O market share é a fatia de mercado que essa empresa ocupa, enquanto o market growth rate é a sua taxa de crescimento.
  • LTV (lifetime value): É o valor gerado por um cliente desde sua compra inicial até deixar de fazer negócios. Quanto maior for esse valor em relação à concorrência, maior é o status da marca.
  • Prêmios: Entre os prêmios que avaliam o reconhecimento de marca, podemos destacar em Santa Catarina o Top of Mind, que há 24 anos a NSC e o Instituto Mapa conferem às empresas mais lembradas do Estado. A premiação celebra esse conjunto de forças tangíveis e intangíveis que tocam a mente e o coração do público, como qualidade, custo-benefício, logística, comunicação e relacionamento.

Leitura recomendada: Afinal, o que é ser uma marca Top of Mind?

Como se tornar uma marca reconhecida

O primeiro passo é se dedicar à criação de uma identidade forte, com uma cultura organizacional pela qual valha a pena ser reconhecida. Tenha bons produtos e serviços, agregue o máximo de valor a eles e ofereça uma experiência de atendimento encantadora em todos os pontos de contato com o consumidor, nas lojas, na internet, por telefone ou onde for.

O segundo, e tão importante quanto, é levar essa marca ao público e estar presente no dia a dia para fixá-la em sua mente com criatividade e relevância. É exatamente nesse sentido que a NSC pode levar sua marca a um novo patamar por meio do nosso núcleo estratégico de branded content e de parcerias com importantes agências de comunicação do Estado. Conheça nosso trabalho.


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Veja como deixar sua marca na memória do consumidor Conheça o Estúdio NSC
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico