logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Comunicação

O que são core updates do Google e como afetam as buscas?

21/06/2022

Com bastante frequência, o Google atualiza a Busca para cumprir com sua “missão de mostrar conteúdo relevante e confiável aos usuários”. Só no ano de 2020, por exemplo, foram realizadas mais de 4.500 mudanças, a partir de mais de 600.000 experimentos. Ou seja, os mecanismos de entrega dos resultados mudaram cerca de 12 vezes por dia, em média.

A maioria dessas alterações é pouco perceptível. Afinal, só entre os critérios para o ranqueamento de páginas nos resultados, o Google usa mais de 200 fatores e inúmeros algoritmos.

No entanto, algumas vezes por ano ocorrem mudanças mais substanciais. Elas são chamadas “core updates”, ou atualizações principais. Quando elas entram em vigor, os sites podem perceber uma queda drástica no desempenho das buscas, perdendo várias posições nas SERPs (páginas de resultados).

Seu site foi afetado por algum core update do Google? Veja o que é possível fazer para recuperar o tráfego.

Por que o Google realiza core updates?

Em um período de 30 meses, entre janeiro de 2020 e junho de 2022, o Google realizou sete atualizações principais. Em algumas delas, muitos profissionais perceberam um impacto negativo nas métricas do site.

Mas por que os core updates do Google são necessários? Basicamente, como explica o Blog da Central de Pesquisa Google, essas atualizações têm o objetivo de “aumentar relevância geral e tornar os resultados da pesquisa mais úteis para todos”.

A questão é que os conceitos tanto de relevância quanto de utilidade mudam com o passar do tempo. Os dispositivos usados para acessar a internet são atualizados, o comportamento dos usuários se transforma, os formatos de conteúdo se diversificam e tudo isso interfere nas buscas on-line.

Então, para atender às expectativas crescentes dos usuários na Busca, o Google faz atualizações em seus algoritmos e sistemas. Quando se trata de um core update, o buscador então avisa com antecedência sobre as mudanças para que os proprietários de sites possam tomar as providências necessárias.

Essas atualizações são momentos em que a estratégia de SEO precisa ser revista, caso haja uma queda nas métricas do site. Portanto, é importante contar com ajuda de um profissional capaz de analisar seus endereços virtuais como um todo para saber o que precisa ser melhorado. 

Por outro lado, um core update do Google pode elevar os resultados de algumas páginas. Já que as mudanças servem para otimizar a maneira como o buscador avalia o conteúdo em geral, elas podem propiciar uma melhor avaliação de um conteúdo que até então não tinha um resultado à altura.

Leia também: SEO no Google: você sabe a importância de E-A-T e YMYL?

As atualizações do Google buscam melhorar a experiência do usuário. (Foto via Freepik)

Como reverter a queda de tráfego em uma atualização do Google?

Assim como o Google, os sites não podem ficar parados no tempo e devem procurar sempre entregar a melhor experiência para os usuários. Isso quer dizer que os proprietários não devem esperar somente os core updates para realizar implementações de SEO, mas estar constantemente evoluindo de acordo com as diretrizes para webmasters e o guia para avaliadores de buscas.

Esses avaliadores são pessoas reais que fornecem feedback para o Google sobre a qualidade dos resultados oferecidos nas buscas e a qualidade dos conteúdos das páginas. Saber como eles avaliam ajuda a entender o que o Google espera de um bom conteúdo.

Primeiro passo: espere completar a atualização dos algoritmos

Se você identificou uma queda brusca nos acessos ao site vindos da busca orgânica, informe-se se ocorreu um core update. Isso pode ser descoberto no Blog da Central da Pesquisa Google.

Em caso afirmativo, ainda não corra para fazer alterações no seu site. Cada atualização dos algoritmos e sistemas leva, geralmente, duas semanas para completar. Até lá, seu tráfego pode voltar normalmente. Do contrário, aí sim é preciso agir. Vá monitorando as métricas do site enquanto isso.

Encontre as oportunidades de melhoria

Vale reforçar que as atualizações da Busca do Google visam a melhorar a forma como o buscador avalia o conteúdo em geral e não são direcionadas a sites específicos. Com isso, pode ser que não haja nada necessariamente errado com suas páginas, mas as páginas concorrentes estão fazendo algo melhor que as suas.

Exemplos de questões para analisar:

  • O site oferece a melhor navegação móvel possível?
  • O tempo de carregamento das minhas páginas é menor?
  • O endereço tem uma autoridade de domínio maior que a dos concorrentes?
  • As páginas recebem mais links de outros endereços com alta autoridade que os concorrentes?
  • O conteúdo segue os indicadores de Especialização, Reconhecimento e Confiança (E-A-T)?
  • O conteúdo responde de fato às necessidades dos visitantes ou só usa palavras-chave para atrair cliques?

Mesmo que você tenha uma estratégia de SEO impecável, isso não garante o primeiro lugar nem a primeira página nos resultados da busca em 100% das palavras-chave caso os seus concorrentes façam um trabalho ainda melhor. No entanto, ter um site otimizado para os buscadores ajuda a reduzir quedas em algumas situações e pode favorecer um bom ranqueamento em palavras-chave de menor concorrência.

Leia também: Páginas AMP: o que são as Accelerated Mobile Pages?

Priorize o conteúdo de qualidade

No fundo, o que o Google espera de uma página no topo do ranqueamento é que ela ofereça o maior valor para os usuários interessados naquela busca. Isso significa ter um conteúdo original, bem escrito e bem descrito, abrangente, aprofundado e apresentado por fontes confiáveis que tenham relação com o assunto abordado.

Essa deve ser sua maior preocupação no dia a dia. Afinal, sem um conteúdo de qualidade para sustentar as práticas de SEO, não há valor para o usuário.

Contudo, se quiser conhecer algumas boas práticas para melhorar o ranqueamento nas buscas, acesse o e-book com 35 itens indispensáveis para o sucesso do seu site.


Negócios SC


Já ouviu o podcast Negócios SC? Conteúdo direto ao ponto com convidados super especiais Ouça aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico