logo Negócios SC
Simule sua Campanha
Marketing

Guia de estratégia para as redes sociais: completo e direto!

09/07/2019

Tem sido um período desafiador para desenvolver estratégias de marketing para as redes sociais. Em meio a mudanças no algoritmo do Facebook, polêmicas envolvendo a privacidade de dados dos usuários e novas manias mundiais, como o TikTok, surgiram muitas dúvidas sobre como as marcas devem se comunicar on-line.

Mesmo com essa dificuldade, é imprescindível estar presente nas redes sociais, pois o público está lá em peso. De acordo com a We Are Social, em 2019 existem 3,5 bilhões de usuários ativos nas redes, ou seja, 45% da população mundial. A SalesForLife ainda descobriu que empresas com um processo consistente de vendas por esse meio têm 40% a mais de chance de atingir metas.

Mas tão importante quanto marcar presença é ter uma comunicação relevante e eficiente. Postar por postar não gera resultado.

Portanto, para otimizar seus esforços, montamos este guia completo e direto para sua estratégia de redes sociais. Aproveite!

Leia também: Como manter sua empresa relevante na era digital

Cinco perguntas essenciais para elaborar sua estratégia

Uma estratégia, por definição, consiste em planejar um conjunto de ações e medidas que visam a um objetivo final. Sem um objetivo claro, não há estratégia.

A Buffer sugere começar seu planejamento respondendo a cinco perguntas:

  1. Por que sua marca deseja estar nas redes sociais?
  2. Quem é seu público-alvo?
  3. O que pretende compartilhar?
  4. Onde vai compartilhar?
  5. Quando vai compartilhar?

As duas primeiras questões dão esse norte necessário às suas ações, enquanto as três seguintes focam em aspectos práticos do dia a dia. Essa é uma boa base para sua estratégia de marketing digital.

Continue acompanhando este artigo e terá uma melhor ideia de como responder a essas perguntas.

Uma estratégia bem definida é essencial para encantar o público. (Foto de Rawpixel.)

Defina metas e métricas

Voltando à primeira questão, qual é o objetivo da sua marca nas redes sociais? Ou quais são os objetivos? Entre eles, podemos destacar:

Sabendo aonde quer chegar, é possível definir métricas que avaliem continuamente o desempenho das suas ações para alcançar esse objetivo. Por exemplo, um maior reconhecimento de marca pode ser avaliado pelo alcance dos conteúdos, enquanto a meta de vender mais pode ser acompanhada pela taxa de cliques em links nas postagens e anúncios.

Já cobrimos aqui no portal Negócios SC as métricas que todo time de marketing deve acompanhar, mas vale ressaltar aquelas focadas nas redes sociais:

  • Alcance orgânico: alcance é bom, pois permite que seus posts cheguem aos seguidores e potenciais novos fãs. Agora, alcance orgânico é melhor ainda, porque significa que seu conteúdo agrada e aumentará espontaneamente seu engajamento.
  • Engajamento: é a média de curtidas, comentários e compartilhamentos em relação ao alcance. E quanto maior o engajamento, mais pessoas serão alcançadas.
  • Taxa de conversão: é a quantidade de pessoas de clicaram em uma oferta pelo público total que a visualizou.

Sua marca ainda pode definir métricas específicas para cada objetivo, como o sentimento gerado pelo conteúdo no caso do reconhecimento de marca, com o uso de ferramentas digitais.

Leia também: 6 práticas para entender as necessidades dos seus clientes

Escolha as redes sociais certas para seu negócio

Existem dezenas de redes sociais à disposição de seu negócio, mas isso quer dizer que precisa estar em todas elas? Não, afinal, isso não seria nem prático nem conveniente.

O segredo é afunilar as opções até chegar a pelo menos três redes que sua equipe consiga gerir bem. Vamos começar pelas mais populares no Brasil, segundo o relatório de We Are Social e Hootsuite:

  1. YouTube
  2. Facebook
  3. WhatsApp
  4. Instagram
  5. Facebook Messenger
  6. Twitter
  7. LinkedIn
  8. Pinterest
  9. Skype
  10. Snapchat

Como é possível perceber, há outras redes além de Facebook e Instagram para considerar na sua estratégia de marketing.

O próximo passo é identificar o perfil dos usuários em cada uma delas e ver se é o mesmo que seu público-alvo. Por exemplo, a audiência do Instagram é muito maior na faixa entre 18 e 35 anos. Isso quer dizer que, para uma marca focada em pessoas acima dessa idade, o Facebook pode ser uma melhor alternativa. Inclusive, vem crescendo em número de usuários mais maduros.

Pesquise o perfil das audiências e faça a triagem. A sua lista de opções deverá ficar bem mais restrita a partir disso.

Em seguida, quando o perfil de usuário e de público-alvo combinam, vem o entendimento de como funciona cada rede e que tipo de conteúdo deve ser abordado nela.

Em termos de funcionamento, você pode se basear neste modelo das redes mais populares:

FacebookInstagramLinkedInTwitterYouTube
Propósito:Gerar lealdade à marcaTer impacto visualDesenvolver negócios B2BFazer relações públicasAumentar reconhecimento de marca

Quando tudo se encaixa, você deve ter pelo menos três redes que são a cara do seu público e que servem ao seu objetivo enquanto marca. Agora é só adequar o conteúdo às redes escolhidas — por exemplo, o Instagram é uma rede visual, já o Twitter tem limite de 288 caracteres — e postar nos horários mais adequados a cada uma delas.

Melhores horários para postar

Agora que sua equipe sabe onde postar, precisa definir quando. Segundo dados da Sprout Social, pode-se tomar como uma referência geral para os melhores horários e dias:

 

FacebookInstagramLinkedInTwitter
Melhor horário:Quarta 11h e 13hQuarta 11h e Sexta 10hQuarta 9h e 12hQuarta 9h e Sexta 9h
Margem de segurança:Dias úteis, 9h às 15hTerça a Quinta, 10h às 15hTerça a Sexta, 8h às 14hDias úteis, 8h às 16h

Fonte: Sprout Social

É claro, diferentes segmentos podem variar os horários ideais. Um restaurante, por exemplo, pode ter um bom engajamento mesmo no final da tarde ou no final de semana de manhã, quando as pessoas estão mais propensas a comer fora.

O recomendado é fazer testes, em horários diferentes, e acessar a página de negócios da rede social, como o Audience Insights no Facebook, para descobrir qual momento do dia gera maior retorno para a comunicação.

Agora, uma dica importante: cuidado com postagens em horários que sua equipe estiver off-line. No caso do restaurante que programe suas postagens para a noite, haverá alguém disponível para responder os comentários que surgirem? Se a resposta demorar muito, pode-se perder clientes, então fique de olho nisso.

A abordagem correta às redes sociais

Ainda segundo a Sprout Social, é preciso encontrar um equilíbrio no conteúdo para mostrar seu produto e serviço de um jeito interessante sem parecer promocional demais. Em uma pesquisa, a empresa revelou as três maiores razões que levam os fãs a seguir uma marca nas redes sociais:

  • 73,4% têm interesse nos produtos ou serviços;
  • 58,8% têm interesse em promoções;
  • 51,3% são entretidos pela marca.

Por outro lado, os principais motivos para deixarem de seguir são:

  • 46% recebem mensagens promocionais em excesso;
  • 41,1% não veem relevância nas informações.

Ou seja, o público quer saber de seu produto ou serviço, mas se for um conteúdo promocional apelativo isso terá impacto negativo na sua comunicação.

O segredo é investir em marketing de conteúdo para suas redes sociais. Por meio de informações relevantes para seu público-alvo, sua empresa consegue atrair e reter seguidores, inserindo naturalmente suas ofertas na comunicação.

Então, o que postar?

  • Links de conteúdos do seu blog ou outras fontes;
  • Ofertas de materiais ricos;
  • Cases de sucesso de seus clientes;
  • Dicas de como aproveitar suas soluções;
  • Bastidores da empresa;
  • Pitadas de humor (se estiver de acordo com a persona da marca);
  • Conteúdo criado pelos próprios seguidores;
  • E, sem exagerar, promoções.

Os formatos também são muitos e vale diversificá-los para manter a atenção com algo novo: textos, fotos, infográficos, vídeos…

Leia também: Guia completo de vídeo marketing para conteúdos de impacto

Não se esqueça da parte estética das suas publicações. (Foto de Lisa Fotios via Pexels.)

Segmente seus anúncios

Nem só de atração vive a rede social de uma marca. Às vezes é preciso ir atrás da audiência, ainda mais quando algoritmos como o do Facebook limitam o alcance das páginas.

Sua empresa pode usar esses anúncios para aumentar a base de fãs, mostrar seu conteúdo para mais pessoas, gerar acessos a landing pages e conquistar leads. Mas nada disso será eficaz se os anúncios não atraírem o público certo.

Dentro das páginas de negócios de cada rede você encontrará o perfil de seus seguidores e das pessoas que engajaram com seus anúncios. É o mesmo do seu público-alvo?

Se não, defina parâmetros mais exatos de segmentação em seus anúncios. As opções são as mais variadas: idade, localização, páginas que curtiram etc. É melhor ter um alcance menor, anunciando para quem tem maior probabilidade de se interessar pelo seu conteúdo, que diluir seu investimento em ações de pouco retorno.

Ferramentas que facilitam sua vida

Administrar algumas contas ao mesmo tempo exige esforço e concentração para não haver erros. Ainda mais quando cada uma tem seus próprios formatos e horários para postar.

Felizmente, existem muitas ferramentas disponíveis para programar suas postagens e fazer monitoramento das redes sociais. Elas otimizam seu trabalho e concentram várias funcionalidades em um só lugar.

Entre elas, vale destacar:

  • Sprout Social: gerenciamento de redes sociais, com agendamento, publicação e análise de resultados;
  • Buffer: outra ferramenta conhecida de automatização digital;
  • Hootsuite: oferece também uma opção gratuita, com recursos limitados;
  • AgoraPulse: mais uma solução para redes sociais, desenvolvida no Brasil;
  • SocialRank: fornece relatórios sobre a sua audiência;
  • Mention: ótima ferramenta para monitoramento, inclusive de menções indiretas à marca;
  • Buzzsumo: se deseja monitorar também a concorrência, esta é uma solução.

Existem muitas outras ferramentas digitais, até gratuitas, que otimizam seu trabalho e permitem que sua equipe tenha mais tempo para planejar os conteúdos, em vez de perder tempo com tarefas repetitivas.

O Negócios SC preparou um compilado dessas soluções em um e-book que todo apaixonado por praticidade vai adorar. São dezenas de opções que vão desde as redes sociais até o e-mail, do marketing às vendas.

Quer facilitar sua vida? Baixe o Guia de Ferramentas de Marketing, Vendas e Gestão com dicas grátis!


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Tenha uma marca inesquecível! Comece agora
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico