logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Novidade do setor

Grupo Globo reforça foco em soluções baseadas em dados

06/07/2021

Em um mundo em que toda ação é gravada em bytes, quantos dados um negócio do porte do Grupo Globo é capaz de captar? Afinal, seus canais de TV aberta e por assinatura chegam a mais de 100 milhões de brasileiros por dia, além de receber mais de 20 milhões de usuários diariamente em seus produtos digitais.

A resposta não poderia ser menos expressiva: o Grupo Globo tem dois petabytes de dados em todas as suas plataformas. Isso equivale a 2 mil discos rígidos de 1 terabyte cada.

Mas dados, por si só, nada fazem. É preciso transformá-los em informação de fácil visualização para criar soluções. A Globo sabe disso e está investindo na migração para o modelo de mediatech, oferecendo soluções avançadas em mídia com o apoio da tecnologia.

Um dos maiores exemplos disso está na parceria com a Palantir, uma das melhores empresas do mundo em análise massiva de dados. Saiba mais sobre essa parceria a seguir.

Globo transforma-se em mediatech com apoio da Palantir

Dados sempre fizeram parte do cotidiano da Globo e tornaram-se cada vez mais volumosos nas plataformas on-line. Um único paredão do Big Brother Brasil, por exemplo, pode gerar 14 bilhões de estímulos nesse ecossistema digital.

Para transformar essas interações em soluções inovadoras, a Globo tem investido mais nos últimos anos em inteligência artificial, aprendizagem de máquina e na capacitação de sua equipe de engenheiros e cientistas de dados. Aí entrou a Palantir em 2019, em uma parceria com foco na integração de dados para basear a tomada de decisões precisas e sintonizadas com o público. Agora em 2021, a parceria foi renovada por mais dois anos.

A Globo estende assim o uso do software Foundry, desenvolvido pela Palantir, que possibilita essa transformação em uma mediatech cada vez mais orientada em dados. A empresa do Vale do Silício trabalha com projetos especiais de alto nível no setor privado, para empresas como Airbus e Ferrari, e para órgãos públicos, como o Serviço de Saúde do Reino Unido e o Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

— Nossa parceria com a Palantir nos ajudou a acelerar a transformação cultural da organização, algo imprescindível para nos tornarmos uma empresa data-driven. A utilização da Foundry facilitou de forma significativa o acesso e a integração de várias fontes de dados, além de melhorar as nossas capacidades para desenhar projetos, modelos, indicadores de desempenho e dashboards, que rapidamente se tornaram parte integral das atividades dos especialistas de Negócios da Globo — destaca Wanderley Baccalá, diretor do Hub Digital da Globo.

Assista ao vídeo sobre essa transformação da Globo em mediatech.

Soluções baseadas em dados para consumidores e anunciantes

O uso da ferramenta da Palantir abre duas frentes principais de soluções baseadas em dados pela Globo.

A primeira é na criação de jornadas de relacionamento mais eficientes com o público em suas diferentes plataformas. Com a integração e a gestão de dados pelo software Foundry, por exemplo, é possível identificar com rapidez os conteúdos que geram maior engajamento e, com isso, entregar histórias mais relevantes para os telespectadores ou leitores digitais.

— Quanto melhor o meu uso dos dados, melhores produtos eu vou ter, mais os usuários vão se engajar com eles. E quanto mais usuários engajados, maior vai ser minha produção de dados, maior vai ser minha produção de informação e inteligência para realimentar esse ciclo — revela Bruno Souza, head de dados e inteligência artificial do Hub Digital da Globo.

A outra vertente de soluções baseadas em dados é voltada para os anunciantes. A ferramenta também é utilizada pela área comercial no desenvolvimento de serviços publicitários mais eficientes.

— A gente consegue fazer um cruzamento e um processamento de informações supergranulares de consumo, que a gente coleta nos nossos produtos digitais, e transformar o que antes era dado em inteligência sobre os gostos e o comportamento dos usuários em nossa plataforma — explica Renata Fernandes, head de portfólio e performance digital da Globo.

Desse modo, a análise massiva e ágil de dados permite à Globo entender melhor quem é seu público, entregando conteúdos mais personalizados para o consumidor e resultados otimizados para os anunciantes.

Leia também: Globo Impacto: um jeito moderno de comprar mídia na TV

Inteligência de dados é fundamental para o futuro da comunicação

O comportamento de consumo de conteúdo passou por muitas transformações nos últimos anos, percorrendo diferentes telas, novos formatos, jornadas cada vez mais complexas. As empresas de comunicação precisam não só acompanhar essas mudanças, como criar produtos e serviços mais bem conectados com o momento. E são os dados que permitem saber como interpretar o consumidor e criar as soluções de que ele precisa.

— Dados são um dos fatores críticos para o sucesso dessa empreitada. A velocidade como você acessa, transforma e faz com que esses dados gerem informações relevantes para o negócio, além da capacidade de gerar novos produtos a partir de dados, são fundamentais — comenta Wanderley Baccalá.

Para saber mais sobre o comportamento do público, assista à palestra NSC Talks: telas, tendências e transformações do consumo. Nela você aprenderá com Taís Souza, gerente comercial na Kantar IBOPE Media, e Henrique Simões, líder de estratégia da indústria para o varejo na Rede Globo, sobre as grandes mudanças que estão ocorrendo. Aproveite!


Negócios SC


Já ouviu o podcast Negócios SC? Conteúdo direto ao ponto com convidados super especiais Ouça aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico