logo Negócios SC
Simule sua Campanha
Marketing

Dicas para incluir o marketing cultural na sua estratégia

09/10/2020

O que lhe vem à mente ao pensar no conceito de marketing cultural? Quem sabe o nome da marca estampado em um grande festival de música? Ou o patrocínio de um filme nacional?

Posto dessa forma, parece que o marketing cultural só está ao alcance de grandes empresas, com orçamentos de comunicação exorbitantes. Pode-se supor ainda que se trata apenas de patrocínio de artes. No entanto, a realidade vai muito além desses casos.

Para resolver algumas dúvidas a respeito, vamos apresentar aqui o que é o marketing de cultura e dar dicas de como incluí-lo também na sua estratégia. Acompanhe!

O que é marketing cultural?

De acordo com o Sebrae, o marketing cultural é “uma estratégia utilizada pelas empresas para que, através de patrocínios a projetos culturais, agreguem valor às suas marcas”. Ou seja, é uma forma de marketing institucional, pois trabalha a imagem da marca em vez adotar uma postura estritamente comercial.

Ainda podemos defini-lo como um conjunto de ações que visam a divulgar a marca ou seus produtos e serviços, ampliar o alcance da comunicação ou fixar determinada imagem na mente do público por meio da cultura. Com isso, a empresa associa seus próprios valores à obra, ao evento ou mesmo aos agentes culturais e artísticos abrangidos pela sua estratégia.

Há muitas facetas além da arte a explorar nesse contexto. Como lembra o Sebrae, há possibilidade de incluir o turismo cultural, a gastronomia típica, a educação, a área social, o lazer, o artesanato e tantas outras áreas. E é importante ressaltar que o marketing cultural não se trata somente de um investimento em divulgação. É um investimento em desenvolvimento social, comunitário e de relações com o público.

Ele também está ligado a outros tipos de marketing. Pode unir-se ao marketing de experiência, com a marca participando ativamente da ação cultural. Ou servir como marketing de influência, dependendo da estratégia adotada e das pessoas envolvidas no projeto. Muitas vezes, ainda se combina ao marketing de eventos.

De todo modo, é uma ótima forma de conquistar mídia espontânea por meio das ações apoiadas, fomentar a cultura e aproximar a marca de um público com interesses afins.

Leia também: Os desafios das marcas ao fazer marketing de influência

O marketing cultural abrange uma ampla gama de projetos. (Foto via Freepik)

Marketing de cultura na era de eventos on-line

O setor cultural tem sido um dos mais impactados pela pandemia. Com a suspensão de eventos presenciais, artistas das mais diversas áreas viram-se diante da necessidade de se adaptarem à realidade virtual. Mas não pararam.

Essa é uma boa oportunidade para incluir o marketing cultural na sua estratégia, por meio de ações digitais. Lives e cursos on-line, por exemplo, são formatos bastante populares e fáceis de inserir a identidade da sua marca. O menor escopo desses eventos virtuais ainda pode tornar o investimento mais acessível.

O marketing cultural durante a pandemia é especialmente importante para artistas e agentes culturais regionais. Investir nessas pessoas e no trabalho delas agora pode ajudá-las a conectarem-se com o público — em troca, sua marca também se conectará com ele, sendo vista como apoiadora da cultura local. Isso tem tudo para fortalecer sua imagem em locais específicos que sejam importantes para seu negócio.

Leia também: Evento híbrido: saiba o que é com a Confraria do Vinho

5 dicas para incluir o marketing cultural na sua estratégia

Aproveite as leis de incentivo

Nas esferas municipal, estadual e nacional existem leis de incentivo à cultura, pelas quais empresas podem apoiar projetos e receber em troca abatimentos em tributos. Isso representa um duplo ganho para essas empresas.

Avalie bem a proposta

É preciso ter o mesmo cuidado que se tem com uma estratégia de marketing de influência. Analise onde e como a marca aparecerá, quem são os profissionais por trás do projeto e que tipo de público será alcançado.

Conheça o conteúdo do projeto

O marketing cultural não é só uma questão de dados, mas igualmente de valores, características e interesses em comum. Por isso, é fundamental conhecer de perto a ação para saber ao que você está associando a marca.

Insira a marca de variadas formas

Existem muitas maneiras de expandir a presença da marca além do patrocínio. É possível fazer um acordo para distribuição de brindes durante as ações, realizar eventos específicos para clientes, ter acesso a ingressos de espetáculo para presentear etc.

Adapte as métricas de desempenho da estratégia

Sendo essa uma vertente do marketing institucional, é preciso medir os resultados com uma visão para além da geração de leads ou vendas. Convém trabalhar mais no sentido de exposição da marca e mídia ganha com o investimento, bem como do impacto na percepção do público.

Mais conteúdo de marketing para você

Quer se aprofundar ainda mais nos diferentes tipos de marketing? Então confira o e-book Seu marketing não será o mesmo, com opiniões de especialistas em oito áreas diferentes, trazendo tendências e boas práticas para ajudar seu negócio. Baixe agora!


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Tenha uma marca inesquecível! Comece agora
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico