logo Negócios SC
Simule sua Campanha
Marketing

Cultura organizacional transparente ajuda na relação com público

11/09/2018

Em tempos de consumidores mais exigentes, exibir a cultura da empresa é a chave para expandir o relacionamento com o público de dentro para fora

As empresas nunca estiveram tão expostas. Hoje, marcas e pessoas podem produzir e publicar conteúdo com facilidade, a qualquer hora e lugar. Mas se por um lado os canais digitais são uma forma de aproximar empresas e pessoas, por outro, eles também podem causar problemas se, por exemplo, um CEO manifesta uma opinião polêmica. A transparência é uma exigência crescente do público e as marcas precisam mostrar quem são para se manterem relevantes.

Para exemplificar esse fenômeno, o bureau de tendências Trendwatching utiliza a analogia da caixa de vidro. As organizações costumavam estar em um compartimento preto e fechado controlado por seus líderes, impossibilitando que observadores externos soubessem o que ocorria lá dentro. Apenas o que se ilustrava por fora, com a força da propaganda, era visível para o público. A partir do momento em que a sociedade conectada passou a exigir mais transparência, a caixa escura se transformou em um aquário.

Com a concorrência acirrada e poucos diferenciais entre produtos da mesma categoria, o consumidor consciente busca se associar a marcas que refletem suas crenças. Segundo o Trendwatching, as empresas que continuam presas ao modelo tradicional das paredes negras por receio de abrir o jogo caem na armadilha de se tornarem irrelevantes para os compradores. A análise indica que o risco de expor a cultura da empresa compensa, já que fortalece o relacionamento com o público que está mais exigente e menos propenso a aceitar marcas que negam a transparência.

Saiba mais sobre tendências e mudanças no comportamento do consumidor.

Cultura organizacional

Quais são os valores da instituição? Que processos orientam os colaboradores na construção de um propósito maior? As respostas dessas perguntas ajudam a formular a cultura organizacional de uma empresa, isto é, a premissa básica seguida por todos da equipe que diferencia a companhia no mercado.

Uma organização provavelmente terá as características de seu fundador. As empresas mais sólidas têm isso enraizado na forma de práticas que guiam os resultados – explica Pascoal Vernieri, especialista em consultoria e gestão. A cultura, portanto, norteia como os funcionários se comportam dentro da corporação para cumprir a missão da empresa, começando pela maneira como o fluxo de trabalho é conduzido e expandindo até em como os membros do time socializam entre si.

De acordo com Vernieri, uma política interna clara, que oferece aos colaboradores liberdade para experimentar e autonomia para dividir conhecimentos, é o que as empresas mais almejadas têm em comum. Apesar da recessão econômica, há espaço para bons profissionais no mercado, especialmente em áreas novas, como a da tecnologia. Nesse contexto, não é apenas a segurança financeira que atrai o funcionário, mas também o espaço que lhe permite crescimento dentro de seus ideais.

Hoje é fácil obter informações de como uma companhia atua na prática. O funcionário não se sente preso, ele pode migrar para a concorrência se achar que aquele ambiente é mais adequado – comenta Vernieri.

Ele aponta ainda o fato de que a cultura organizacional não é apenas um chamariz para novos talentos, mas também a força retentora de quem já é empregado pela corporação. Engajar a equipe traz mais produtividade e cria uma boa imagem da marca, que pode ser determinante para o consumidor. Aprenda a criar conexões emocionais e conquistar embaixadores para sua marca.

A empresa busca resultados, mas para isso, ela tem que fazer com que essas pessoas também se dediquem e se identifiquem com o propósito da instituição. Senão a gente não consegue chegar lá – explica.

Se antes a política interna se limitava a diretrizes para os colaboradores, hoje ela é um ativo imprescindível para a retenção dos talentos e para a construção das marcas. Apoiar os valores de uma corporação é o que garante a vantagem no ponto de venda, já que o público hoje não acredita apenas no propósito difundido na publicidade tradicional. Ao substituir as paredes negras pela caixa de vidro, os consumidores ganham acesso ao estilo de vida que a empresa promove, o que torna a marca desejada de dentro para fora.

Continue lendo sobre estratégias de marca e vendas! Saiba mais sobre a importância de planejamentos de comunicação para fazer negócios.


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Tenha uma marca inesquecível! Comece agora
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico