logo Negócios SC
Acelere suas vendas
Comunicação

Crie assuntos de e-mail irresistíveis — 15 dicas com exemplos

14/03/2019

Quantos e-mails não lidos você tem agora em sua caixa de entrada? Alguns, dezenas, talvez centenas? 

Se esse é o seu caso, não está a sós. Afinal, estima-se que existam cerca de 4 bilhões de contas de e-mail no mundo todo, enquanto o número de mensagens eletrônicas comerciais enviadas por dia ultrapasse os 280 bilhões. 

Mas se engana quem pensa que o e-mail marketing é uma estratégia sem perspectivas diante desse mar de envios. Pelo contrário, um relatório da Campaign Monitor mostra que o e-mail marketing gera mais ROI que qualquer outro tipo de campanha e é 40 vezes mais efetivo para a aquisição de clientes que o Facebook. 

Um dos segredos para uma estratégia de e-mail marketing bem-sucedida está em saber se destacar na caixa de entrada. Mesmo quem tenha centenas de e-mails não lidos, às vezes ainda se depara com um assunto diferente, cativante e irresistível que parece nos obrigar a abrir a mensagem. Neste artigo vamos mostrar como você pode escrever assuntos desse tipo e conquistar a atenção do público. 

Leia também: 8 dicas de marketing na internet para empresas

15 dicas de assunto de e-mail para aumentar sua taxa de abertura

Um relatório da CMB revela que 47% dos usuários decidem ou não abrir um e-mail pelo assunto. Esse fator deixa então de ser um detalhe para se tornar um ponto-chave em suas campanhas de disparos. 

É claro, definir um bom assunto de e-mail varia conforme a situação. Uma mensagem interna de escritório é uma coisa, já uma comunicação institucional ou promocional é outra bem diferente. O que funciona naquela, pode ser prejudicial a estas. 

Além disso, os e-mails transacionais são um capítulo à parte nessa história. 

Para fins práticos, vamos focar adiante no tipo de e-mail que tem maior impacto em seu negócio: mensagens destinadas ao público consumidor.

1. Faça testes periódicos

Embora todas as dicas aqui sejam funcionais, nenhuma comunicação é igual à outra. As empresas e os públicos mudam, então somente testes próprios poderão mostrar o que realmente é válido para sua estratégia. Trate tudo como hipóteses e faça testes A/B para saber o que traz melhores resultados. 

Por exemplo, enquanto uma pesquisa diz que a personalização com o nome do destinatário funciona melhor quando apenas no corpo da mensagem, outra chega a afirmar que o nome no assunto gera 29% mais aberturas de e-mail. 

É o caso também de usar a palavra “grátis”: no geral, ela tem impacto negativo, como comprovado por Hubspot e Oracle, mas pode aumentar em 10% a taxa de abertura em outra análise. Portanto, é essencial sempre testar o que funciona para sua comunicação. 

O conselho que podemos dar nesse sentido é evitar palavras muito comerciais (compre agora, liquidação etc.), porque têm maior risco de serem marcadas como spam. Outros sinais que ativam o filtro de spam são excesso de pontuação e misturar sinais de interrogação e exclamação no mesmo assunto.

2. Personalize

Mesmo que o nome do destinatário não seja aplicável ao seu caso — e para fazer isso basta configurar um campo de preenchimento automático em ferramentas como o MailChimp —, certa personalização é esperada e ajudará a aumentar suas taxas de abertura. 

Com a segmentação de públicos, é possível personalizar sua mensagem por cargo, localidade, entre outros fatores. Outras informações dos destinatários também permitem e-mails individualizados, como datas comemorativas.

Exemplos:

  • [Nome], sua empresa já está fazendo isto?
  • 5 ferramentas que gerentes de marketing adoram
  • Oportunidade exclusiva para Santa Catarina
  • Aproveite seu cupom especial de aniversário!

3. Cuide com o tamanho

É preciso que o destinatário possa entender rapidamente o assunto do e-mail e sinta-se atraído por ele. O número de caracteres desempenha um importante papel nesse sentido. 

Hoje, 46% de todas as aberturas de e-mail ocorrem em dispositivos móveis. Isso quer dizer que o número de caracteres disponíveis antes de o assunto aparecer “cortado” é mais reduzido. O ideal é manter o texto abaixo dos 50 toques, com as palavras mais importantes em primeiro lugar.

Exemplos:

  • Quer melhores resultados com marketing?
  • Venda mais depois de ver isto

4. Pule o óbvio

Essa restrição de tamanho exige objetividade. Elimine quaisquer palavras subentendidas ou procure novas formas de transmitir a mensagem. 

É provado, inclusive, que incluir a palavra “newsletter” reduz em quase 20% o índice de abertura de um e-mail. E sabe aquela “novidade”? Deve cair também, pois existem outras formas de dizer isso.

Exemplos:

  • Tudo o que você precisa saber nesta semana
  • Por essa ninguém esperava!

5. Ofereça algo

Uma das coisas que mais chamam a atenção de alguém é a possibilidade de ganhar algo. É muito difícil resistir a uma cortesia, não é mesmo? 

Ainda que ao fim você encaminhe o destinatário a uma ação, revestir essa comunicação na forma de um presente torna o e-mail mais atrativo.

Exemplos:

  • Presente: E-book exclusivo para nossos leitores
  • 5 dicas para começar bem sua semana
  • [Nome], venha pegar seu desconto

6. Use números e listas

Há uma boa razão para que este próprio artigo seja uma lista numerada. Além da questão de organização do conteúdo, números e listas estimulam a curiosidade do público e prometem uma leitura facilitada. Os números também se destacam entre as letras, chamando a atenção.

Exemplos:

  • Se comunique melhor em 8 passos
  • Não lance uma marca sem seguir estas 5 etapas

7. Use emoji

Outra forma de se destacar na caixa de entrada é usar emoji, quando adequado. Entre empresas B2B essa não é uma prática comum, mas para negócios B2C pode ser um jeito divertido de se conectar com o público final e aumentar a taxa de abertura de e-mails

Eles podem ser usados para complementar o texto ou contar uma história por si próprios. O essencial é que eles sejam relevantes à mensagem e que se faça um teste antes para ver se aparecem na maioria dos dispositivos, pois em algumas ocasiões podem ser substituídos por ☐ na visualização.

Exemplos:

  • Quer ganhar mais 💰💰💰?
  • Estes resultados falam por si só 📈🤩
  • 😒➡️🌊🏄➡️😃      [e-mail de aulas de surf]

8. Dê urgência

Como evitar que as pessoas adiem a abertura dos seus e-mails? Uma ótima forma é dar prazo ao destinatário, ou ele perderá uma oportunidade. Assuntos que transmitem essa sensação de urgência ou exclusividade podem ter uma taxa de abertura de e-mail 22% maior.

Exemplos:

  • Última chance! Apenas 10 vagas disponíveis
  • Na quinta-feira já será tarde para ver isto
  • Planos para este final de semana? Veja nossa dica

9. Incite o medo de perder

O medo de perder uma oportunidade pode ser, em um primeiro caso, um desdobramento da sensação de urgência. Isto é, o receio de uma perda futura. Como somos criaturas naturalmente sociais, o desejo de querer fazer parte de algo é uma poderosa motivação. 

Na comunicação B2B, perder uma oportunidade também significa que um concorrente possa aproveitá-la antes e largue na frente. 

Em um segundo caso, o destinatário talvez já esteja tendo algum tipo de prejuízo e ficará intrigado com sua mensagem. Afinal, quem deseja continuar em uma situação dessas?

Exemplos:

  • 2º lote esgotado — vai ficar de fora?
  • Faça antes que seus concorrentes descubram
  • Lamento informar: você está perdendo dinheiro

10. Entenda a dificuldade

Diferentemente do receio, o entendimento da dificuldade traz uma abordagem mais amigável. Em vez do susto, entra uma ajuda inesperada. Para isso, é fundamental entender as dificuldades de cada segmento da sua lista de e-mails.

Exemplos:

  • Está difícil atrair leads com marketing digital?
  • Volta às aulas não precisa ser um transtorno

11. Brinque com a curiosidade

Você já deve ter percebido que em muitos dos exemplos acima não mencionamos explicitamente o conteúdo no corpo do e-mail. Se o leitor consegue antecipar toda a mensagem, por que ele a abriria? 

Certa dose de mistério pode fazer maravilhas pelo engajamento com suas campanhas de e-mail marketing. Mas um conselho: a curiosidade precisa ser bem esclarecida, ou o destinatário acabará se sentindo enganado.

Exemplos:

  • Ninguém gosta quando isso acontece… Veja a solução
  • [Nome], nós sabemos o que está pensando

12. Surpreenda

Outro modo de despertar a curiosidade é quebrar expectativas. Caso o tom da sua comunicação permita, um assunto de e-mail à primeira vista aleatório ou uma história curiosa ajudam a romper a monotonia da caixa de entrada.

Exemplos:

  • Jeans na cabeça? 👖😲
  • Até minha avó concorda!
  • Minha 1ª startup faliu e isso me salvou…

13. Dê uma pitada de humor

Ainda na linha de assuntos fora do comum, se a sua marca tiver uma relação bem humorada com o público-alvo, um toque engraçado e de cultura pop pode criar uma ligação instantânea com o destinatário e ajudá-lo a lembrar do seu e-mail muito tempo depois.

Exemplos:

  • Quantos marqueteiros são necessários para trocar uma 💡?
  • Me apaixonei pela empresa errada 💔 E agora?
  • Não somos a Lady Gaga, mas também não desistimos

14. Faça uma pergunta

Sabe por que perguntas são eficientes para chamar a atenção? Porque elas demandam uma resposta. 

Ao deixar o assunto em aberto, isso desperta o interesse do destinatário de completar o conteúdo dentro do e-mail. No entanto, a mesma dica da curiosidade vale aqui: se propuser uma pergunta, responda à altura para não frustrar o leitor.

Exemplos:

  • Buscando as melhores ofertas de Black Friday?
  • Férias em Buenos Aires, Nova Iorque ou Paris?
  • Qual desses tipos de líder é você?

15. Use verbos de ação

Esta dica era mais que esperada. Imperativos estão no título deste artigo, em cada um dos tópicos e em vários dos exemplos que trouxemos até aqui. Não à toa são parte essencial das chamadas para ação, já que o objetivo da comunicação de marketing é levar o lead ou cliente a executar algo. 

Então por que não fazer do assunto de e-mail um CTA (call to action)? Aliás, você pode misturar orientações expressas com outros truques para aumentar suas taxas de abertura, como perguntas, medo de perder, personalização etc.

Exemplos:

  • Saiba como aumentar o fluxo no PDV em 12 passos
  • Pare ✋ Vai perder esta economia?
  • Quer anunciar em Santa Catarina? Então leia isto

Saiba mais

Aqui no blog Negócios SC trazemos as melhores dicas para ajudar seu negócio a ter melhores resultados em marketing e vender mais. Continue navegando para saber como otimizar suas taxas de conversão, quais são as mídias ideais para falar com milhares de catarinenses e tudo para sua estratégia de comunicação

Aproveite também para conhecer a equipe especializada por trás desse conteúdo e o que mais podemos fazer pelo seu sucesso. Descubra o Estúdio NSC Branded Content.


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Veja como deixar sua marca na memória do consumidor Conheça o Estúdio NSC
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico