logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Vendas

Como será o Dia dos Namorados para o comércio em 2021?

01/06/2021

O Dia dos Namorados, pelo segundo ano, será comemorado em meio à pandemia de Covid-19. Mas este novo 12 de junho promete ser diferente e, para o alívio do comércio brasileiro, melhor que em 2020.

No ano passado, a data comemorativa ocorreu durante um momento de maiores restrições à circulação de pessoas e crescimento de casos na primeira onda do novo coronavírus no Brasil. Esses fatores contribuíram para uma queda de 25,3% nas vendas em relação a 2019, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Mas e agora, quais são as perspectivas para o Dia dos Namorados de 2021? Confira os dados a seguir.

Vendas no varejo devem chegar a R$ 1,8 bilhão

Embora a pandemia ainda esteja presente no País, a expectativa é de recuperação das vendas no Dia dos Namorados de 2021. De acordo com a estimativa da própria CNC, neste ano o comércio deve ter um crescimento de 29,4% na data, em comparação com 2020, alcançando um total de R$ 1,8 bilhão. Os números da CNC referem-se somente ao comércio de lojas físicas.

Como revela um infográfico do setor de Inteligência de Mercado Globo, baseado em dados da Shopee Brasil, muito desse faturamento ainda está por vir para o varejo. Isso porque 31% dos consumidores declararam que só comprarão presentes uma semana antes da data, enquanto 11% esperarão entre um e três dias antes do Dia dos Namorados.

Uma pesquisa da Fecomércio SC sobre a intenção de compra para a data mostrou que o consumidor catarinense vai esperar ainda mais. Na consulta realizada nas cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joinville e Lages, 44,8% dos entrevistados declararam que o período de compras será na própria semana do Dia dos Namorados, enquanto 22,6% decidirão na véspera, que em 2021 cairá no sábado.

Também de acordo com a Fecomércio SC, os segmentos de presentes mais procurados serão: vestuário, perfumes e cosméticos, e calçados e bolsas. Já a Shopee Brasil aponta igualmente a busca por relógios e celulares para presentear, além de roupas e perfumaria. Para completar, a CNC reforça o interesse por itens de vestuário, calçados e acessórios.

Leia também: A economia do Brasil e as vendas no 2º semestre de 2021

Pesquisa aponta para um jantar de Dia dos Namorados mais caseiro. (Foto via Freepik)

E-commerce sai ganhando com o Dia dos Namorados

Em um movimento oposto à queda das vendas no comércio durante o Dia dos Namorados do ano passado, o e-commerce brasileiro cresceu na data.

Segundo o estudo Webshoppers 43ª edição, o Dia dos Namorados foi a data comercial que mais vendeu no comércio eletrônico do Brasil em 2020, considerando todo o período de vendas. No total de 15 dias de campanha, o faturamento nas lojas virtuais foi de R$ 4,1 bilhões, ou R$ 278 milhões diários. Por dia, o evento vendeu mais que o Dia das Mães, o Dia dos Pais e até o Natal.

Inclusive, foi a data com maior alta de faturamento com relação a 2019, apresentando um acréscimo de 91%. O ticket médio no e-commerce ficou em R$ 449.

Falando em ticket médio, o infográfico da Globo aponta que os consumidores homens têm um gasto médio maior com presentes do Dia dos Namorados. Em 2020, as compras virtuais deles tiveram um valor 32,73% maior que as das namoradas..

Uma das possíveis razões para isso é que eles presentearam mais com o segmento de eletrônicos e informática (93,9% contra 6,2% delas), enquanto as mulheres preferiram moda e acessórios 82,7% contra 17,3% deles).

Outro dado da Webshoppers ainda chama atenção: o ticket médio de consumidores recorrentes é maior que o de novos consumidores no comércio eletrônico. Isso quer dizer que no Dia dos Namorados de 2021 as compras individuais podem ser maiores, considerando que uma grande parcela do público brasileiro passou a usar o e-commerce nesse meio-tempo.

Leia também: Comércio eletrônico no Brasil cresceu 367% em uma década

E o almoço ou jantar de Dia dos Namorados de 2021?

A comemoração do Dia dos Namorados deste ano ainda será sobretudo caseira. Como revela uma pesquisa em âmbito nacional da MindMiners, 32% dos casais pretendem cozinhar algo especial em casa e trocar presentes, enquanto 28% devem pedir comida por delivery.

Em Santa Catarina, uma proporção maior de casais planeja sair para comemorar a data em 2021. Segundo a Fecomércio SC, o índice aumentou de 12,2% de pessoas em 2020 com intenção de almoçar ou jantar em um restaurante para 35,1% agora. Mesmo assim, 44,2% não pensam em comer fora.

Veja mais dados sobre o Dia dos Namorados no infográfico da Globo para baixar. E se quiser turbinar sua comunicação nesta reta final para as vendas na data comemorativa, descubra as oportunidades com nossos consultores pelo telefone (48) 3216-3216 ou WhatsApp (48) 99188-5651.


Negócios SC


Já ouviu o podcast Negócios SC? Conteúdo direto ao ponto com convidados super especiais Ouça aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico