logo Negócios SC
Acelere suas vendas
Marketing

Como e por que fazer spots de rádio (com dicas)

18/01/2019

A rádio permanece como um dos tipos de mídia mais consumidos no Brasil. O brasileiro escuta, em média, 4 horas e 40 minutos de rádio por dia e ela alcança 86% das pessoas nas 13 regiões metropolitanas monitoradas pela Kantar IBOPE Media (2018).

Para se ter uma melhor ideia desse alcance em Santa Catarina, as oito emissoras da NSC atingem mais de um milhão de ouvintes no Estado. Em Florianópolis, são mais de 380 mil pessoas impactadas por mês.

Os ouvintes da rádio estão distribuídos em diferentes faixas etárias e grupos sociais, além de a ouvir em diversos momentos do dia: em casa, no carro, no trabalho etc. Seu consumo tem acompanhado os hábitos sociais e se modernizou. Hoje, 18% dos ouvintes a seguem diretamente no aparelho celular, revela a pesquisa Kantar IBOPE Media — Book de Rádios 2018.

Confira outros dados sobre presença das rádios NSC na vida dos catarinenses e a importância desse veículo de comunicação para alcançar seu público em nosso Mídia Kit.

Quais são as vantagens para seu negócio de investir nessa mídia?

A primeira, e mais evidente, é poder falar com muitas pessoas ao mesmo tempo. Mais do que isso, é se comunicar com o público certo para sua marca. Um plano de mídia bem elaborado é capaz de entregar sua mensagem no momento certo para atingir o consumidor ideal de seu produto ou serviço.

Outra vantagem a se destacar é o ótimo custo-benefício para os anunciantes. Um spot de rádio (anúncio comercial que entra nos intervalos da programação) traz resultados muito positivos para a estratégia de marketing, com possibilidades de investimento que não pesam no orçamento.

Em parceria com a NSC, diversas organizações já comprovaram esses benefícios. São cases de sucesso como o da Federação Catarinense de Basketball, que estimulou a cultura do esporte em Santa Catarina por meio da rádio, da Vitorino Colchões, que aumentou as vendas em 45% incluindo spots em sua estratégia de comunicação, e da Barbearia Casanova, que estendeu suas ações às redes sociais da Rádio Atlântida Chapecó.

Sua empresa tem tudo para vender mais com anúncios na rádio. Saiba então como produzir spots de qualidade que vão chamar a atenção do público com as dicas a seguir.

Leia também: Como fazer um anúncio e quais os principais meios de divulgação

12 dicas para produzir spots incríveis na rádio

Outra vantagem que podemos acrescentar à rádio que ela não demanda a criação de formatos mirabolantes. Pelo contrário, os spots seguem um padrão definido de 15, 30, 45 ou 60 segundos. Isso permite à equipe criativa concentrar seus esforços na mensagem em si.

Entre os milhares de anúncios já veiculados nas Rádios NSC, os mais bem-sucedidos levam em consideração alguns princípios em comum para tirar o melhor do formato. Organizamos adiante esses princípios em um checklist para orientar a produção dos seus spots.

  1. Roteiro: Antes mesmo de começar a gravar, certifique-se de que a mensagem seja desenvolvida de um jeito criativo, seja relevante para o público-alvo e conte algo marcante. Tudo isso em 15, 30, 45 ou 60 segundos! E lembre-se de que os locutores precisam de tempo para respirar, então vale calcular a duração do spot em uma ferramenta como esta.
  2. Produção de qualidade: O roteiro, para ter credibilidade, precisa de uma apresentação profissional. A qualidade do áudio, a capacidade interpretativa da locução e o uso de efeitos sonoros e da trilha musical podem fortalecer ou enfraquecer sua reputação.
  3. Narração adequada ao público: Assim como existem horários e canais mais adequados para se falar com públicos de diferentes gêneros, rendas e gerações, também há uma linguagem e personagens específicas a cada público. O próprio tom de voz da narração, seja feminino, seja masculino, mais jovem ou mais maduro, descontraído ou sério, deve se conectar diretamente com seus clientes em potencial.
  4. Trilha sonora: Quando a música é o próprio roteiro, como no caso dos jingles, ela deve ser cativante o suficiente para as pessoas quererem cantá-la. Como trilha de fundo, deve apenas complementar a mensagem, sem distrair da narração. Nesse caso, use apenas trilhas para as quais sua empresa tem direito de uso e faça uma pesquisa prévia para saber se algum concorrente usa a mesma música.
  5. Efeitos na medida certa: Assim como a trilha de fundo, os efeitos sonoros devem acentuar o roteiro e não carregá-lo. Além de cautela, na hora de descrevê-los no roteiro também é preciso ter exatidão. Por exemplo, em vez de escrever “sons de rua”, deixe claro: “sons de vozes, buzinas e motores de carro”.
  6. Abertura arrebatadora: Os primeiros e os últimos segundos de um spot são os mais importantes. A abertura deve surpreender o ouvinte, focando sua atenção, ou ele se distrairá até a entrada do próximo anúncio ou programa.
  7. Estímulo à imaginação: Somos criaturas visuais e, mesmo diante do estímulo de sons, reproduzimos imagens em nossas mentes. E mais: nossa memória de imagens é maior que de palavras. O segredo para “hackear” o cérebro do público é evocar na imaginação uma cena específica e forte por meio do roteiro e dos efeitos sonoros.
  8. Foco: É mais convincente uma ideia bem desenvolvida que duas mal-acabadas. Como o tempo do anúncio na rádio é curto, a escrita do roteiro deve focar no argumento mais relevante para levar o ouvinte à ação desejada.
  9. Apelos emocionais e racionais: Definida uma boa ideia para o roteiro, o recomendado é que ela seja trabalhada sob duas perspectivas: uma emocional e outra racional. Dificilmente alguém tomará uma decisão baseando-se somente em um lado do cérebro, portanto um argumento balanceado é capaz de influenciar um público maior.
  10. Identificação com a marca: Um erro comum dos anunciantes é dedicar tanto tempo a contar uma história ou falar dos benefícios de uma oferta que se esquecem de mencionar a própria empresa. O ouvinte precisa saber exatamente quem está anunciando, para que o anúncio seja eficaz. O ideal é repetir as informações mais importantes do spot para facilitar sua memorização.
  11. Chamada para ação: Para os resultados esperados surgirem, o ouvinte deve entender claramente qual ação deve executar. Dedique os segundos finais do spot a uma chamada de ação que seja direta, simples e única.
  12. Constância: Quanto mais tempo o anunciante investir na rádio, maior será a proximidade com o público e, consequentemente, a possibilidade de ele se relacionar com a marca. Como em qualquer estratégia de marketing, para se criar um relacionamento é preciso ser consistente em suas ações.

Como anunciar na rádio

Agora que você já tem esse check list com dicas essenciais para criar um spot de rádio memorável, que tal elaborar um plano de mídia para otimizar a veiculação do anúncio?

A NSC tem um simulador de comunicação exclusivo que indica, entre outras mídias de massa, as estações de rádio com maior audiência em Santa Catarina, os melhores horários para alcançar seu público e o mix de marketing ideal para ter sucesso em seus objetivos. Faça uma simulação gratuita.

 


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Veja como deixar sua marca na memória do consumidor Conheça o Estúdio NSC
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico