logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Comunicação

Analisar o desempenho de marcas na TV está muito mais fácil

12/04/2021

Analisar os resultados de campanhas com rapidez e precisão não é uma exclusividade da publicidade digital. O desempenho das marcas na TV, meio de maior retorno no longo prazo para a comunicação, também pode ser medido e avaliado em tempo real e em relação aos outros canais de divulgação.

Graças às novas ferramentas de atribuição de marketing e à maior capacidade de acompanhar o comportamento multitelas do consumidor, é possível entender a jornada de compra como um todo. Além disso, a televisão está presente em cada vez mais momentos dessa jornada, desde a descoberta até a decisão.

Então, se você já se perguntou se as campanhas de TV são mensuráveis, saiba que a resposta é sim. E os resultados são surpreendentes, como mostraremos a seguir.

O papel da televisão nas etapas do funil de vendas

O funil de vendas, a grosso modo, está dividido nas etapas de alcance, consideração e venda propriamente dita.

No marketing digital, isso poderia ser ilustrado como uma jornada envolvendo um anúncio nas buscas do Google ou nas redes sociais para o consumidor descobrir a marca. Então, ele vê outros conteúdos relacionados às soluções que ela oferece ou compara preços de outras marcas, pesquisa mais a fundo e decide pela compra.

As mesmas etapas podem ser vistas no funil de vendas da televisão. Primeiro, temos o amplo alcance da TV. Segundo a Kantar IBOPE Media, 92% dos brasileiros assistem a conteúdos na televisão, com um consumo médio diário de 6 horas e 17 minutos.

Então temos a consideração, que ocorre por meio das buscas on-line. Em um estudo da MindMiners, 63% dos consumidores no Brasil revelam o hábito de pesquisar na internet sobre produtos vistos na televisão.

Mas também está ocorrendo uma revolução na TV, permitindo a compra de produtos ou serviços a partir do aparelho televisor. O t-commerce, como é chamada essa prática, acelera a jornada do consumidor ao conectar o conteúdo visto na programação a páginas on-line com mais informações e opções de compra. Nesse caso, é possível medir o resultado com uma métrica básica de conversão.

Ou seja, além de estar mais fácil mensurar o desempenho das campanhas de TV, é possível analisar o impacto em objetivos específicos da marca, como ocorre no digital.

Leia também: Métricas para TV: rompendo a barreira entre on e off

A TV também permite analisar métricas em tempo real. (Foto via Freepik)

Ferramentas para analisar o desempenho de campanhas de TV

Agora, como funciona na prática o desempenho de marcas na TV?

Isso é feito por meio de ferramentas de atribuição de marketing. Em resumo, refere-se à identificação de ações de uma pessoa, em diferentes pontos de contato, que contribuem para o objetivo da marca.

Existem diferentes ferramentas para essa função. Podemos citar a LeadsRx, utilizada pela NSC, Adobe Advertising Cloud, DC Analytics e TunAd, entre outras soluções em atribuição de marketing.

Essas ferramentas integram o monitoramento, reconhecimento e análise da comunicação das marcas on e off. Elas unem o universo das buscas na internet, as redes sociais, a mídia programática e as transmissões de TV e rádio para identificar movimentos despertados pela publicidade, atribuindo a importância de cada meio para o objetivo final.

Por exemplo, uma empresa pode ter um investimento em redes sociais e na televisão, com grande retorno nos anúncios digitais. Diante disso, os executivos decidem manter apenas a divulgação nas redes. Mas, ao fazer isso, o desempenho do marketing digital cai drasticamente. Por quê?

Nesse caso, não foi considerado o impacto da TV nas redes sociais. Ela era o ponto de partida da jornada desse consumidor. Então, a atribuição de marketing gera esse tipo de insight na hora de investir em mídia.

Leia também: Por que as big techs investem em publicidade na TV?

BBB é um case de sucesso da televisão

Entre as ferramentas mencionadas, vale destacar como a TunAd está analisando o impacto que um programa como o Big Brother Brasil pode ter para as marcas. No entanto, a lição e a inspiração valem para a televisão como um todo.

Uma única palavra dita no BBB é capaz de ter um imenso impacto on-line. Um bom exemplo disso ocorreu no BBB 20, quando Manu Gavassi utilizou a palavra “sororidade”, referindo-se à união entre mulheres com caráter de irmandade. Isso gerou um aumento de 2.800% de buscas no Google sobre o termo na ocasião.

Esse é apenas um entre tantos casos da televisão alimentando as pesquisas e discussões na internet. Segundo a Kantar IBOPE Media, o conteúdo da TV aberta foi responsável por 335 milhões de tuítes em 2020. No Facebook e no Instagram, foram mais de 2 bilhões de engajamentos em cada rede só nas postagens referentes ao reality show da Globo.

Novamente, esta edição do BBB 21 tem quebrado recordes de audiência e impactado a internet de diversas formas. Quando Gil Nogueira utilizou a palavra “basculho” no programa, lá foram os telespectadores dar um salto nunca visto nas buscas sobre o termo. Da mesma forma, por causa de Juliette Freire cantar “Deus me proteja”, de Chico César, a música de 2008 recebeu 2.200% mais acessos no Deezer e chegou ao topo das canções que viralizaram no Spotify.

Leia também: TV aberta: conteúdo que move o Brasil

Cresce também o desempenho das marcas na TV

Esse impacto pode ser visto igualmente no caso dos anunciantes que aparecem no BBB. De acordo com a TunAd, as buscas no Google pelas marcas cresceram até quase 10.000% em decorrência da visibilidade no programa. 

  • A C&A teve um pico de aumento de 9.895% nos minutos seguintes à ação do dia 1º de fevereiro.
  • O PicPay teve um pico de 9.514% em 7 de fevereiro. O resultado foi ainda melhor que a ação de 28 de janeiro, quando atingiu um pico de 2.495%, com quase 3 mil novos cadastros e quase 110 mil pessoas acessando o app.
  • A Pantene teve um pico de 7.625% em 24 de fevereiro.
  • A Above teve um pico de 6.411% em 18 de fevereiro.
  • Já o McDonald’s teve um pico de 4.888% em 4 de fevereiro, chegando a mudar o comportamento de busca pela marca, que costumava ser maior aos domingos.

Em todos esses casos, o desempenho das marcas na TV foi medido em tempo real, comparando os minutos anteriores à exibição do anunciante com os minutos seguintes. Isso permitiu revelar o resultado imediato da televisão sobre a procura pelas marcas.

Então, se você deseja aumentar o interesse pelo seu negócio, o desempenho da TV comprova como essa estratégia funciona. 

Baixe agora o mídia kit da NSC TV e descubra mais vantagens de anunciar na televisão.


Negócios SC

Estúdio NSC Branded Content

Já ouviu o podcast Negócios SC? Conteúdo direto ao ponto com convidados super especiais Ouça aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico