logo Negócios SC
Simule sua Campanha
Marketing

Agência: como fazer seu portfólio para vender mais

21/06/2019

O aumento no investimento publicitário no Brasil traz uma enorme oportunidade para agências. Esse é o momento de fidelizar as contas com o oferecimento de novos serviços, como também de conquistar clientes e vender mais.

Por outro lado, os empreendedores estão mais exigentes ao contratar agências para cuidar da comunicação de seus negócios. A consideração é muito mais criteriosa, assim como a sua apresentação deve ser.

Fazer um portfólio, ou atualizá-lo, então é imprescindível. Mas você sabe como apresentar seu trabalho de forma atrativa? Confira as nossas dicas!

Leia também: Customer data: usando dados para o sucesso do cliente

Dicas de como fazer um portfólio de agência

Valem algumas regras gerais na hora de montar o portfólio, como selecionar os melhores cases de sucesso e apresentar trabalhos reais. Profissionais autônomos, no início de carreira, podem eventualmente criar peças para compor um portfólio, mas no mercado competitivo de agências a capacidade de entregar resultados concretos é um fundamental.

Acompanhe agora as dicas de como fazer essa apresentação.

Uma boa apresentação do seu trabalho é a chave para conquistar mais clientes. (Foto de Tranmautritam via Pexels.)

1. Selecione cases por categorias

Além dos melhores trabalhos, é importante organizá-los por tipo de serviço, segmento e, se possível, por porte de cliente. O empresário sente uma confiança muito maior na agência quando dela já desenvolveu soluções parecidas com seu caso e sabe o que esperar dela.

Primeiro, uma organização por tipos de serviço deixará mais claro de que formas sua empresa pode ajudar e as especialidades de atuação. Segundo, segmentar mostra sua capacidade de atuar em diferentes mercados e permite ao empreendedor ou gerente de marketing ir direto ao ponto. Por fim, mostrar exemplos de variados portes de cliente revela que é capaz de compreender momentos e necessidades específicos dos negócios.

Em um portfólio na internet, isso também ajudará na encontrabilidade das suas páginas. Quando alguém pesquisar exclusivamente por uma agência de marketing de conteúdo, ou que faça campanhas para televisão, achará mais facilmente seu site.

2. Comunique-se com diferentes públicos

Há empresas que atuam há décadas no mercado e agora procuram uma nova agência com ferramentas de inteligência virtual. Há também empresas que nunca fizeram um único anúncio e não compreendem a importância de ter uma voz da marca definida ou o que significa mídia programática.

Portanto, procure mostrar a variedade de seus serviços na forma de um processo de comunicação, para que o pequeno e o grande empreendedor possam entender do mesmo modo como cada ação contribui para fortalecer a marca e vender mais. E quanto mais visual for a representação desse processo, melhor. Falando nisso…

3. Seja visual

Mais que convencer racionalmente, o portfólio precisa encantar, fazer os olhos brilharem. E um bom jeito de conseguir isso é ser bastante visual na apresentação.

Em vez de longos textos, prefira itens curtos e dê destaque a diferentes tipos de imagem: ícones, gráficos, fotos, GIFs e, claro, vídeos. Aliás, entre negócios B2B, vídeos são essenciais, já que 59% dos tomadores de decisão nas empresas preferem assistir a um vídeo que ler um texto.

Mesmo que sua agência não tenha muitos materiais gráficos para exibir, pode ser visual por meio de um vídeo animado que revele de forma dinâmica os trabalhos produzidos e resultados obtidos. Inclusive, pode usar esse vídeo em reuniões, enviá-lo em prospecções por e-mail etc.

Use imagens impactantes para ganhar a atenção do público. (Foto de Lisa Fotios via Pexels.)

4. Mostre resultados

Outro ponto fundamental é mostrar que o investimento na sua agência traz retorno para o cliente. Para isso, é preciso dar atenção à análise das métricas de cada conta, definir os dados mais relevantes dos cases e apresentá-los no portfólio.

Uma observação quanto a isso: alguns clientes podem querer manter seus dados em sigilo, então é melhor consultá-los antes de publicar.

Agora, se não for possível apresentar dados concretos, procure demonstrar o valor do seu trabalho. Por exemplo, em vez de apenas dizer sua agência faz anúncios em jornal, saliente que aumenta o reconhecimento da marca com campanhas impressas.

5. Adicione testemunhos

Para 89% dos profissionais de marketing B2B, opiniões de outros clientes é a forma mais efetiva de marketing de conteúdo. Assim como os resultados, testemunhos são validações necessárias para passar mais confiança aos seus serviços.

Peça aos seus clientes para escrever ou gravar em vídeo pequenas declarações de como é trabalhar com sua agência e o que foi alcançado com esse trabalho. Para facilitar, você pode enviar perguntas a serem respondidas ou propor um roteiro.

6. Forneça materiais ricos de apoio

Alguns cases mais expressivos podem ser usados para gerar mais curiosidade sobre processos de comunicação, a estratégia de marketing adotada e resultados obtidos. Essa é uma boa oportunidade de expandir o conteúdo por meio do oferecimento de um material rico, como infográfico ou whitepaper, em troca do contato do visitante. Com isso, você ainda turbina sua aquisição de leads.

Crie sites de sucesso

Seja para sua empresa, seja para seus clientes, marcar presença digital é um passo importante para se conectar com o público, ter uma estratégia de inbound marketing de resultado e vender mais. Mas não basta estar presente: é preciso ter sites eficientes.

Você sabe como criar sites de sucesso? Compilamos 35 itens indispensáveis para a criação deles em nosso e-book. Clique aqui e baixe aqui gratuitamente.


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Tenha uma marca inesquecível! Comece agora
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico