logo Negócios SC
Simule sua Campanha
Marketing

5 tipos de canais de comunicação para atingir diferentes gerações

23/10/2018

Precisa divulgar um negócio, mas não sabe em quais canais de comunicação apostar?

Antes de escolher o canal você precisa entender como seu público alvo consome informações, muitas vezes isso muda de acordo com a faixa etária.  Neste post você vai entender essa relação e como é possível divulgar seu produto ou serviço com muito mais efetividade. Afinal, muito mais do que investir em marketing, é preciso ser estratégico e investir em uma comunicação direcionada aos seus objetivos.

Saiba mais a seguir!

Por que investir em comunicação empresarial?

Estreitar a relação com o público-alvo é uma das premissas para que uma empresa consiga fortalecer sua marca. Com tantas organizações atuando no mercado, o diferencial de uma empresa pode ser exatamente a maneira com que ela interage com o público.

Manter esse contato ativo e saudável é importante e traz reflexos positivos para as empresas, como:

  • estabelecer um elo de confiança entre cliente e marca;
  • aprimora o relacionamento entre empresa e consumidor;
  • facilita a realização de pesquisas de satisfação;
  • ajuda a conquistar reputação no mercado;
  • aumenta as vendas de uma maneira duradoura.

Diante do cenário, a contratação de empresas de comunicação e marketing tem sido uma aposta recorrente dos empresários. Esse tipo de investimento garante uma abordagem personalizada ao cliente, capaz de fortalecer a marca, solucionar dúvidas e resolver conflitos com agilidade.

Veja também as principais tendências para os próximos anos.

O que são canais de comunicação?

Canais de comunicação podem ser definidos como os meios utilizados por uma empresa para entrar em contato com os seus consumidores. Eles podem servir para divulgar um produto ou serviço, acompanhar o processo de venda e até mesmo receber um feedback de um cliente.

Existem vários caminhos a seguir e a escolha do canal de comunicação ideal leva em consideração inúmeros aspectos. Uma análise qualificada que deve observar muito mais do que o custo, pois ele é influenciado pelos objetivos da campanha e o perfil do público-alvo.

Os avanços tecnológicos contribuíram para as formas de comunicação com o público  nos meios essenciais e também para aumentar as possibilidades de plataformas. Há uma grande variedade de opções atualmente, como:

  • telefone;
  • televisão;
  • rádio;
  • jornal;
  • revistas;
  • redes sociais;
  • blog corporativo;
  • e-mail;
  • TV corporativa;
  • chat online.

Quais os veículos de comunicação ideais para cada geração?

Existem uma infinidade de aspectos que mudam o modo como pensamos, agimos, consumimos e nos comunicamos. A geração a qual pertencemos é uma dessas variáveis e, por isso, o meio utilizado para divulgar uma marca deve ser coerente com essas mudanças.

Embora a TV permaneça como a principal forma de lazer em todas as faixas etárias, segundo a pesquisa global da Nielsen – Estilo de Vida das Gerações, devemos avaliar a importância dos outros meios de acordo com o perfil do público que queremos atingir.

Com isso, é fundamental que se faça uma análise da geração em que seus consumidores estão inseridos. Continue com a leitura para descobrir em qual canal concentrar seus investimentos!

Público de até 20 anos

Conhecida como a “Geração Z”, esse é o público mais conectado da atualidade. Fazem uso frequente dos smartphones e se comunicam bastante pelas redes sociais.

Esse é um público que tem pouco contato com jornais e revistas. Sua preferência de comunicação é, de fato o rádio e a internet. Por esse motivo, utilizar blogs de influenciadores digitais e rádios com programação jovem são excelentes opções.

Portanto, para alcançar essa geração é recomendável que a empresa esteja presente nas redes sociais e aposte em uma linguagem jovem (se estiver de acordo com o posicionamento da sua empresa) e dentro de um padrão utilizado em seu dia a dia.  Essas medidas não são obrigatórias mas auxiliam no resultado positivo das ações.

Público de 21 a 35 anos

A “Geração Y” ou “Millennials” está inserida no contexto da revolução tecnológica e acompanhou de perto o processo de popularização da internet, estando totalmente adaptada às tecnologias e ativa nas redes sociais mais utilizadas.

Esse é um público muito importante para o universo empresarial e possui um alto poder de compra. Em geral, o desenvolvimento de campanhas publicitárias com a linguagem e mensagem adequadas fazem muita diferença. Estratégias que utilizam o recurso de storytelling para se conectar com o público ao invés de apenas ofertar produtos são mais envolventes e costumam performar melhor para este público.

Aposte em uma presença marcante no meio virtual, como o desenvolvimento de um bom blog corporativo, jornais e revistas digitais. Paralelo a isso, invista em campanhas no rádio e na televisão.

Público de 36 a 51 anos

A “Geração X” acompanhou o início do processo conhecido como globalização e o surgimento dos videogames e do computador. Por essa razão, são mais abertos às mudanças do que os seus pais.

Os integrantes desse grupo se adaptam facilmente ao contexto em que vivem e já fazem uso das mais diversas tecnologias, como computadores e smartphones. Outro dado relevante é que eles estão ativos nas redes sociais (especialmente o Facebook) e utilizam o e-mail para contato pessoal e profissional.

Caso o objetivo da empresa seja engajar este público, é interessante investir nos meios essenciais (televisão, rádio, jornais e revistas), como também no marketing digital, com uma atuação qualificada nas redes sociais, portais de notícias e blogs de relevância para o público.

Vale a pena destacar que essa geração possui um grande poder de compra e está disposta a comprar bens e serviços. Segundo o IBGE, 51,7% da renda mensal da família provém desse grupo. Além disso, eles consomem 66% a mais em roupas e 47% a mais em lazer do o grupo mais jovem.

Público de 52 a 70 anos

O público inserido nessa faixa etária é conhecido como a “Geração Baby-Boomers”. Eles são apegados à família, ao emprego e, também, vivenciaram períodos históricos que dizem muito sobre o seu modo de agir, como a Guerra Fria e a Ditadura Militar.

São pessoas em fase de adaptação às tecnologias, embora não tenham tanta habilidade com a internet e os computadores. Eles acompanharam o surgimento da televisão, do rádio e do jornal e, por isso, dão muita credibilidade a esses veículos de comunicação.

A renda média mensal desse grupo é maior que a geração X e Y. Além disso, eles também estão dispostos a consumir, motivados, principalmente, por necessidade e satisfação pessoal.

Público acima de 71 anos

Conhecido como a “Geração Silenciosa”, o público que está acima de 71 anos possui características bem pessoais e muito disso se deve às experiências vividas, como a Segunda Guerra Mundial e a era do Rock’n Roll.

A empresa que possui essa parcela da população como público-alvo deve entender que ela é muito pouco engajada com o universo digital.São conservadores, gostam do contato pessoal e não dominam expressões estrangeiras.

Sobre os meios de comunicação mais efetivos para essa geração, vale a pena destacar uma pesquisa do SPC Brasil concluiu que os canais mais consumidos por eles são a televisão aberta (80%), o rádio (50%) e a televisão por assinatura (45%).

No entanto, é sempre bom lembrar que é possível direcionar o conteúdo para os familiares mais próximos, como filhos e netos — faixa etária mais aberta ao consumo e à modernidade.

Os diversos canais de comunicação existentes devem ser utilizados com inteligência e de acordo com o perfil de seu público-alvo. Lembrando que é sempre interessante investir em crossmídia, isto é, utilizar diversos meios para aumentar o engajamento e as conversões.

Falando nisso, veja como potencializar sua estratégia de marketing por meio de crossmídia!


Content Creator

Estúdio NSC Branded Content

Tenha uma marca inesquecível! Comece agora
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook infograico