logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Vendas

5 dicas de como melhorar as vendas da sua empresa

29/11/2021

Como melhorar as vendas? Essa pergunta está na mente de dez entre dez empreendedores.

No entanto, é preciso ter claro que não existe só uma forma de melhorar as vendas. Esse tipo de resultado pode ser obtido de diferentes maneiras, desde mudanças estruturais que procuram resolver vendas que demoram para fechar e oportunidades perdidas, até otimizações pontuais na comunicação da marca e abordagem dos vendedores.

Como aumentar as vendas? Uma pergunta que está na mente dos empreendedores. (Foto via Freepik)

Pensando nisso, entre as dicas para melhorar as vendas, vamos abordar variadas possibilidades para seu negócio. Acompanhe.

5 dicas para melhorar as vendas da empresa

1. Investir em recursos

Em primeiro lugar, é importante que a própria empresa tenha uma estrutura voltada para a maximização das vendas. Isso requer dois recursos essenciais: técnicos e humanos.

Entre os recursos técnicos temos as ferramentas digitais que tornam o processo de marketing e vendas mais eficiente. Com elas, é possível automatizar muitas tarefas ou realizar outras que você nem imaginava ser capaz, como reengajar consumidores após um tempo predefinido sem comprar da sua empresa.

Já com relação aos recursos humanos nos referimos principalmente ao treinamento de vendas. A qualidade do atendimento e o conhecimento dos vendedores são fundamentais para aumentar a retenção de clientes ou o ticket médio do negócio, por exemplo.

Leia também: 12 dicas para ter uma estratégia de vendas eficaz

2. Qualificar leads (e o público em geral)

Diferentes negócios têm suas próprias jornadas de compra. Elas podem ser mais curtas ou mais longas, envolver mais ou menos tomadores de decisão, mas no fim tudo se resume a munir seu público-alvo com as informações de que ele necessita para comprar com confiança. Isso pode se referir apenas ao preço exibido em um anúncio ou a uma comunicação ao longo de vários canais e com múltiplos argumentos de venda.

Ou seja, a empresa deve atrair o interesse do consumidor enquanto rebate objeções de vendas. As estratégias para conseguir isso é que fariam de negócio para negócio.

No caso de leads (contatos), os métodos mais usados para informar são as redes sociais, o e-mail marketing e, principalmente, o marketing de conteúdo. Quanto mais informações as pessoas tiverem, menor esforço será necessário na hora de fechar a venda.

Então, quando falamos do público em geral, as mídias essenciais são de fato essenciais para aumentar o interesse pelo seu produto. Elas contribuem também para derrubar objeções à compra do item mais corriqueiro até soluções B2B. Portanto, investir em comunicação em meios como TV, rádio e jornal é importante para melhorar as vendas.

Leia também: Qualificação de leads: metodologias para vender mais

3. Praticar cross sell e upsell

Você provavelmente já passou por esta situação: ao passar pelo caixa de uma loja, a pessoa lhe oferece algum item aleatório em promoção. Provavelmente, dispensa essa oferta na maior parte das vezes.

Mas e se a pessoa oferecesse algo diretamente relacionado ao que você já pretende comprar? Quem sabe algo que aprimore sua experiência com o produto original?

Essa técnica se chama cross sell (venda cruzada) e quando feita com segmentação e profundidade pode melhorar suas vendas. Inclusive, ela é muito utilizada pelos grandes varejistas na internet, na forma de recomendações de outros itens que você pode gostar. Isso contribui para aumentar o ticket médio da compra.

Outra estratégia é o upsell, que consiste em oferecer uma versão melhorada de um produto ou serviço, com preço também maior. Para fazer isso, é preciso ter um discurso bem preparado e estar pronto para apresentar as vantagens de escolher essa opção mais cara. Quando bem feito, é um método que traz bons resultados desde os serviços digitais até lanchonetes.

Leia também: Guia completo da jornada do consumidor: o que vem após a compra?

4. Usar gatilhos mentais e chamadas para ação

Os gatilhos mentais são “estímulos psicológicos utilizados na comunicação para levar o consumidor a tomar determinada decisão”. Em outras palavras, podemos defini-los como componentes do discurso que estimulam as vendas além dos argumentos lógicos.

Um exemplo muito conhecido de gatilho mental é o da urgência. Na Black Friday, diversas marcas utilizam cronômetros até o fim das ofertas para deixar clara a necessidade de o consumidor tomar uma decisão rapidamente. Outros gatilhos populares são o da escassez (quando a quantidade é limitada), da autoridade (a marca é especialista ou a melhor no que faz) e prova social (têm a aprovação do público ou da crítica).

Então, se o objetivo é encaminhar para determinada decisão, é preciso deixar claro qual deve ser o passo a tomar. Essa é a chamada para ação, que deve ser curta, direta e fácil de seguir.

Leia também: Como fazer chamadas para ação (CTAs) que funcionam em diversos meios

5. Aumentar a visibilidade da marca

Independentemente da área do negócio, toda empresa tem um funil de vendas. E no topo desse funil o alcance dentro do público-alvo é um fator essencial para melhorar as vendas. Afinal, quanto maior a amplitude do topo, maiores as chances de ter pessoas chegando até o fundo, onde as vendas ocorrem.

Aí entra a importância de anunciar a marca nas mídias mais consumidas pelo público. Já falamos, por exemplo, como a publicidade na TV ajuda a vender mais, para destacar a necessidade de ir além do marketing digital na estratégia de aumentar as vendas.

Baixe o e-book gratuito Como otimizar seu funil de vendas e descubra as várias soluções da NSC para melhorar seus resultados.


Negócios SC


Já ouviu o podcast Negócios SC? Conteúdo direto ao ponto com convidados super especiais Ouça aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico