logo Negócios SC
Simule sua Campanha

voltar

Negócios SC

Negócios SC

Comunicação

4 motivos para anunciar na NSC TV e rádios da NSC em 2022

07/01/2022

O ano de 2022 reserva grandes oportunidades para as marcas que souberem aproveitá-las. Muitas delas, inclusive, estão na NSC TV e nas rádios da NSC, que podem impulsionar sua comunicação para milhões de consumidores catarinenses.

Bons motivos nunca faltaram para anunciar na NSC TV, Atlântida, Itapema e CBN, mas destacamos a seguir quatro deles que serão particularmente interessantes neste ano. Saiba, então, como os veículos da NSC podem contribuir para sua estratégia neste período.

4 motivos para anunciar na NSC TV e rádios da NSC

1. Anunciar na NSC TV é sinônimo de visibilidade

Quem anuncia quer ser percebido. Não à toa, a mídia mais popular no Brasil também lidera o investimento publicitário no País — estamos falando, é claro , da TV aberta.

Essa popularidade está diretamente relacionada à confiança que o público tem nesse meio. Em pesquisa da Kantar IBOPE Media, 82% dos brasileiros entrevistados afirmam acompanhar notícias pela TV, enquanto 52% confiam na televisão para se manterem informados. Como resultado disso, os telespectadores em Florianópolis passaram, em média, 6 horas e 24 minutos por dia em frente à telinha nos oito primeiros meses de 2021.

Aqui em Santa Catarina, a escolha da emissora para anunciar na televisão é bastante fácil. A NSC TV não é apenas líder de audiência em Santa Catarina, é a afiliada Globo com melhor desempenho de audiência no Brasil, de acordo com a área de cobertura. Isso garantiu à NSC TV uma estatueta no Prêmio Globo de Programação, somando-se aos outros troféus conquistados pela NSC ao longo do ano.

Imagine, então, em um ano tão agitado como será 2022. Entre pandemia, Big Brother Brasil, Eleições e Copa, os catarinenses estarão cada vez mais ligados na programação da NSC TV.

Leia também: 5 formas de como a publicidade na TV ajuda a vender mais

NSC TV é líder de audiência em Santa Catarina. (Foto via Freepik)

2. Rádios mantêm sua presença na rotina do público

A rádio também foi muito importante para os brasileiros em 2021. No ano passado, ela foi consumida por 80% das pessoas nas principais regiões metropolitanas do País, com um consumo médio diário de 4 horas e 26 minutos.

Agora em 2022 a rádio ganha um novo aliado para continuar marcando presença no dia a dia: os smart speakers. De acordo com a Kagan, o número desses dispositivos teve um aumento de 12% em 2021 e deve continuar avançando. Isso representa mais um ponto de contato para o conteúdo da rádio e emissoras pelo mundo já notam o impacto de aparelhos como a Alexa na distribuição da audiência.

Nesse sentido, vale destacar uma pesquisa da Edison Research revelando que 70% dos proprietários de smart speakers passam a consumir mais áudio em casa depois de adquirirem tais aparelhos.

O carro também continua sendo um forte ponto de contato com a rádio. Segundo a mesma Edison Research, 87% do tempo gasto ouvindo áudio nos automóveis é com rádio AM/FM. Portanto, mesmo diante da maior diversidade de dispositivos e opções de mídia, o público continua fiel à rádio e essa relação é valiosa para a exposição das marcas.

Leia também: Novidade da NSC aumenta a visibilidade da marca na rádio

3. TV e rádio têm uma audiência consumidora

Muito mais que o alcance a um grande público, anunciar na NSC TV e nas rádios da NSC colocam as marcas em frente a um consumidor assíduo. Mais ainda, como é o caso da rádio, diante de um consumidor com elevado poder aquisitivo: a audiência predominante é de classes A e B, segundo a Kantar IBOPE Media.

O fato é que quem vê televisão e ouve rádio quer comprar. Então, anunciar nesses meios é inserir-se efetivamente na jornada de compra.

Dados sobre a região Sul ainda mostram que:

  • 54% dos telespectadores e 61% dos ouvintes costumam comprar em supermercado;
  • 48% dos ouvintes da rádio sempre procuram por ofertas e descontos;
  • 46% dos ouvintes da rádio gostam de comprar novos aparelhos e eletrodomésticos;
  • 77% dos telespectadores procuram os melhores preços em equipamentos eletrônicos;
  • 61% dos ouvintes estão sempre procurando por novas ideias para melhorar a casa.

Ainda como revela o Raio X do Catarinense, adequar as finanças é uma das prioridades do consumidor no Estado em 2022. Portanto, rádio e TV revelam-se ótimas oportunidades para mostrar como o público pode economizar com sua marca.

Leia também: Raio X do Catarinense analisa a intenção de compra em SC

4. NSC TV e rádios da NSC participam de jornadas de compra mais longas

Mas não é só no consumo imediato que o telespectador ou ouvinte de rádio está interessado. Ele também pensa no futuro e isso abre as portas da publicidade para aquelas empresas que têm jornadas de compra mais longas.

De acordo com a Kantar IBOPE Media, na região Sul:

  • 41% dos telespectadores e 40% dos ouvintes pretendem ingressar em alguma faculdade;
  • 66% dos telespectadores e 63% dos ouvintes buscam se atualizar profissionalmente;
  • 42% dos telespectadores procuram o melhor em serviços e aplicações financeiras;
  • 51% dos ouvintes de rádio se informam bem antes de investir financeiramente.

Para completar, o Raio X do Catarinense ainda aponta o interesse do consumidor no Estado pela compra de bens duráveis como imóveis e veículos em 2022. Desse modo, televisão e rádio firmam-se como meios essenciais às estratégias de comunicação nos mais diversos setores.

Para saber mais dados sobre o assunto, baixe agora os guias TV Insights e Rádio Insights, produzidos para ajudar no sucesso da sua comunicação.


Negócios SC


Já ouviu o podcast Negócios SC? Conteúdo direto ao ponto com convidados super especiais Ouça aqui
Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Ops! Nós tivemos um problema mensagem não enviada.
Negócios SC NSC Comunicação linkedin facebook youtube infograico